Porto Alegre, sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
199037
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
199037
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
199037
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

TURISMO Notícia da edição impressa de 14/09/2015

Turismo desperta para o potencial da gastronomia

Temática é o mote da 27ª edição da Festuris, que ocorre em novembro

Adriana Lampert

FESTURIS/DIVULGAÇÃO/JC
Zorzanello valoriza a gastronomia como atração da Festuris
Zorzanello valoriza a gastronomia como atração da Festuris

O chef de cozinha Marcos Livi divulga diariamente os destinos da região Sul do Brasil a cada prato servido à clientela do Quintana, um dos dois estabelecimentos premiados do ramo da gastronomia que ele comanda em São Paulo. Gaúcho adepto da releitura de pratos típicos como o matambre - que ele transforma em petisco - e bigos (repolho, cogumelo e costelinha de porco defumada), que chegam à mesa em forma de bolinhos, o empresário também desperta curiosidade ao servir os drinks da casa: "Assim como o gaúcho compartilha o mate, usamos a cuia para proporcionar esta experiência aos frequentadores do bar", conta Livi. A ideia é unir tradição com os tempos modernos, explica o criador das receitas revisitadas. As inovações despertam o interesse de quem prova e acabam interferindo na produtividade dos garçons, admite o chef. "Os clientes querem saber como são feitos os pratos, qual sua história e origem", explica. A empreitada de Livi será case de um dos painéis do Congresso da 27ª Feira de Turismo de Gramado (Festuris).

"Dificilmente alguém visita a Europa sem ir a uma vinícola ou restaurante de pratos típicos", exemplifica o chef de cozinha. Em sua palestra, ele pretende mostrar aos empresários do trade turístico o potencial da gastronomia como atrativo de visitantes, citando exemplos como as cidades de Tiradentes (MG), Bento Gonçalves e de todo o Vale dos Vinhedos (RS), conhecidas pelo que oferecem à mesa. Considerado como um dos segmentos mais promissores do turismo, o ramo gastronômico será destaque não somente no congresso, no qual outros especialistas abordarão o tema, mas em toda a Festuris, que ocorre de 5 a 8 de novembro, no Serra Park, em Gramado.

"A gastronomia muitas vezes é o principal motivo pelo qual as pessoas decidem para onde irão viajar", justifica a consultora do Salão de Destinos Gastronômicos da Feira, Luciana Thomé. Novidade no evento, o salão contará com cerca de 10 stands distribuídos em uma alameda, inspirada na Rua Coberta de Gramado, onde, ao mesmo tempo, ocorrerá uma arena gastronômica. Cada stand terá um minirrestaurante, onde chefs de cozinha vão preparar pratos típicos das regiões ou cidades turísticas. "Será um espaço inovador e totalmente temático, que contará também com cantinas", resume Luciana. "O objetivo é comercializar os destinos, com enfoque na gastronomia e produção de vinho e cerveja artesanal."

Além de cidades gaúchas, também outros estados participarão, e pelo menos um destino internacional já está confirmado: o Peru. "No stand deste país, será preparado ceviche de pescado, para a degustação dos visitantes", adianta o organizador da feira, Eduardo Zorzanello.

Durante o congresso, que tem o tema De olho no mercado - superando crises e desenvolvendo novos modelos de negócios, também o México vai mostrar como é possível se diferenciar a partir de um atrativo gastronômico (neste caso, focado na produção de tequila).

Projeto pretende transformar Capital gaúcha em destino gastronômico

O idealizador do projeto Comida de Rua, Rodrigo Paz, chama a atenção para a importância da nova cadeia produtiva da gastronomia, criada há dois anos em Porto Alegre, com eventos como a Food Party e a Food Truck. Tanto a festa, que acontece no bairro Cidade Baixa, quanto a feira, que reúne de 15 a 25 bancas de comidas e bebidas na Praça da Alfândega, atraem milhares de pessoas a cada edição.

"Virou uma febre entre as pessoas e tem incentivado a discussão sobre novos modelos de negócios para a gastronomia, além de ser um atrativo turístico não somente para visitantes, como para moradores de outras regiões da cidade", defende o chef de cozinha, que irá palestrar sobre o tema durante a Festuris.

"O Comida de Rua propõe um turismo de experiência, onde é possível mostrar o que a cidade tem de melhor, não só na gastronomia, mas na arte, cultura de rua e moda", afirma Paz. "Nossa pretenção é que Porto Alegre vire um destino gastronômico com incentivo à produção local."

Organizador da feira prevê alta no número de expositores

A menos de dois meses para sua 27ª edição, a Festuris já está 75% comercializada, contando com 2 mil inscritos até o momento. De acordo com o organizador do evento, Eduardo Zorzanello, a expectativa é de que, neste ano, a venda cresça entre 3% e 5%, alcançando um volume de 2,5 mil expositores, distribuídos em 400 stands. Cerca de 14 mil pessoas devem passar pelo Serra Park, em Gramado, entre os dias 5 e 8 de novembro, calcula Zorzanello.

Nesta edição, pelo menos 22 companhias aéreas, além de redes hoteleiras, agências de viagens e operadoras de mais de 65 destinos internacionais, devem comparecer ao evento. O Peru e o Uruguai estão entre os países com maior representatividade na feira, ambos com stands de mais de 120 mil metros quadrados, onde empresários do trade e representantes da pasta de Turismo do governo estarão divulgando os destinos.

"Também a Argentina e a República Dominicana possuem espaços bastante significativos na Festuris", destaca o organizador. Segundo ele, a cidade norte?americana de Las Vegas ampliou sua participação, mudando de um stand de 18 metros para outro de 54 metros quadrados.

"Outros destinos dos Estados Unidos, como Orlando, Flórida e Miami, além das companhias American Airlines, United e Delta, participam do evento", lista Zorzanello. "Mesmo com a cotação do dólar acima de R$ 4,00, os brasileiros continuam optando pelos EUA como principal destino de compras, gastronomia e entretenimento", afirma. Segundo o organizador, este ano será feita uma pesquisa para que a feira consiga mensurar os resultados do evento, em volume de negócios.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Lemanski desembolsou R$ 3 mil em cursos de formação no Senac
Guias de turismo buscam maior valorização
Financiamento é opção para quem quer viajar
Para movimentar o turismo, governo federal articula linhas de crédito para pessoas físicas junto ao sistema financeiro
Apaixonado por viajar, Shimosakai criou a Turismo Adaptado, que oferece atendimento especializado
Acessibilidade ainda desafia o trade turístico
Gastos de brasileiros no exterior caem 30,39% em julho
De janeiro a julho, essas despesas somaram US$ 11,617 bilhões, contra US$ 14,851 bilhões em igual período do ano passado