Porto Alegre, quinta-feira, 29 de outubro de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
166710
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
166710
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
166710
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Logística 27/08/2015 - 08h49min

ANTT autoriza reajuste de tarifas em trechos da BR-163/MT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou reajuste de tarifas e início de cobrança de pedágio em trecho da BR-163/MT explorado pela CRO - Concessionária Rota do Oeste, que consiste numa extensão de 822,8 quilômetros na BR-163 e 28,1 quilômetros na MT-407, com início na divisa com o Estado de Mato Grosso do Sul, e término no km 855,0 (MT), no entroncamento com a rodovia MT-220.

Com a decisão, publicada em resolução no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (27), a Tarifa Básica de Pedágio na rodovia para a categoria 1 de veículos passará, daqui a dez dias, de R$ 0,02730 para R$ 0,03619; e depois terá novo aumento, de R$ 0,03619 para R$ 0,04548, a partir de 21 de março do próximo ano.

Também foi reajustada a Tarifa Básica de Pedágio quilométrica, de R$ 0,02730 para R$ 0,04528, com entrada em vigor no prazo de dez dias; e de R$ 0,04528 para R$ 0,05689, a partir de 21 de março de 2016.

A tarifa reajustada será cobrada nas praças de pedágio localizadas em Itiquira, Rondonópolis, Campo Verde/Santo Antônio do Leverger, Cuiabá/Santo Antônio do Leverger, Acorizal/Jangada, Diamantino, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Sorriso. Mais oito praças também receberam autorização da ANTT, por meio da resolução, para começar a cobrar pedágio.

Segundo a resolução, o aumento das tarifas previsto para 2016 fica condicionado "à submissão de projeto executivo para a duplicação do trecho da BR-163/MT entre o km 353,5 e o km 461,7 à ANTT" e à obtenção de financiamento pela concessionária para a execução da obra.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Grande safra de soja foi principal motivo do aumento dos embarques
Porto do Rio Grande teve recorde de movimentação no mês passado
Movimentação de mercadorias em contêineres no Brasil quase dobrou de 2010 a 2014
Crise trava expansão da navegação de cabotagem no País
Zilá defende busca de empresas para construção da ferrovia
Trecho gaúcho da Ferrovia Norte-Sul é apresentado na Fiergs
Governo flexibiliza exigência em concessões para atrair estrangeiros
Os editais para os leilões de concessão de rodovias vão ter exigências flexibilizadas para atrair a participação de mais empresas, principalmente estrangeiras e de pequeno e médio porte