Porto Alegre, quinta-feira, 19 de maio de 2022.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
142413
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
142413
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
142413
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

TRANSPORTES 21/08/2015 - 18h25min

Ministro dos Transportes apresenta resultados do estudo da Ferrovia Norte-Sul

Fiergs/Divulgação/JC
Antonio Carlos Rodrigues (dir) apresenta o resultado do estudo na Fiergs
Antonio Carlos Rodrigues (dir) apresenta o resultado do estudo na Fiergs

O ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, apresentou, nessa sexta-feira (21), na sede da Fiergs, em Porto Alegre, os resultados do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental da Ferrovia Norte-Sul. O trecho inicia em Rio Grande, passa por Chapecó, em Santa Catarina e termina em Panorama, em São Paulo. O intervalo gaúcho terá cerca de 833 quilômetros.

O levantamento completo da ferrovia abrange 1.731 km, onde cruzará por 82 municípios de quatro estados: oito em São Paulo, 31 no Paraná, 14 em Santa Catarina e 30 no Rio Grande do Sul.

“A ideia é trabalhar com sistema de concessões e para isso acontecer precisamos da sinalização firme e positiva por parte de empresários, gaúchos, catarinenses, paranaenses, de outros Estados e estrangeiros também”, explicou Rodrigues.
 
O presidente da Fiergs, Heitor José Müller, propôs que as obras se realizem no sentido Sul-Norte, ou seja, comecem pelo Rio Grande do Sul. “Desta maneira, teremos a integração mais rápida da malha ferroviária estadual, beneficiando a produção que se destina ao porto de Rio Grande”, argumentou. “Essa ferrovia é uma das mais antigas aspirações do setor de transportes do Estado. Assim, teremos um ganho logístico muito importante para os setores produtivos gaúchos”, salientou Müller.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Edson Brum, avaliou que a construção da rodovia já movimentaria a economia do Estado. Depois de pronta, ainda contribuiria para a exportação de grãos, móveis e outros produtos, diminuindo o valor do frete.

O projeto da Ferrovia Norte-Sul faz parte de um programa inserido no Plano de Integração Nacional. A área de influência é o somatório de todas as microrregiões brasileiras que constam no cadastro do IBGE.

COMENTÁRIOS
Nevile Almeida Przybylski - 21/08/2015 - 19h43
A proposição de Heitor José Müller, presidente da Fiergs é excelente. A obra sendo realizada no sentido sul-norte antecipará a ligação dos municípios por onde passar a ferrovia até ao porto de Rio Grande, diminuindo os custos do transporte. Quanto ao traçado, ele preenche plenamente as necessidades do Rio Grande do Sul, uma vez que a zona da produção, desta feita, foi contemplada, haja vista um estudo sério e livre de influencias e interesses políticos.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Equipamento continuará obrigatório para todos os veículos utilizados comercialmente
Contran recua e extintor de incêndio do tipo ABC deixa de ser obrigatório
Segundo a pesquisa, 39,7% da carga é classificada como granel sólido
Agronegócio representa maior parte da carga transportada no País, diz CNT
Transporte intermunicipal metropolitano pode ter aumento de 10,7% na tarifa
O reajuste seria válido para 22 empresas dos 34 municípios da região
Fortunati acompanha a abertura dos envelopes da licitação de ônibus
Candidatos apresentam propostas para concorrer a licitação de ônibus de Porto Alegre