Porto Alegre, segunda-feira, 22 de outubro de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
24°C
17°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,7130 3,7150 0,26%
Turismo/SP 3,6700 3,8700 0,25%
Paralelo/SP 3,6800 3,8800 0,25%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
943713
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
943713
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
943713
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Conexão Política Adão Oliveira
adaooliveira@hotmail.com

Conexão Política

Coluna publicada em 18/02/2010

PP com Yeda

Encerrado o ciclo de conversas com outros partidos políticos - PSDB, PSB, PTB e por último o PMDB - o Partido Progressista no próximo 1 de março vai se reunir para avaliar com quem marchará na eleição deste ano, para o Palácio Piratini. Na terça-feira, 23, o prefeito José Fogaça deve comparecer à sede do diretório para propor ao PP uma parceria com vistas a conquistar o governo do Rio Grande do Sul. Esta conversa não deve render. O PP ficou muito tempo esperando por um aceno de Fogaça, e ele não veio. Agora o partido está por se atirar nos braços de dona Yeda, que concorre à reeleição e oferece aos progressistas, a indicação do candidato a vice-governador na chapa. A tendência é que os progressistas se coliguem com o PSDB. Para isso, o partido já está ouvindo, não oficialmente, as suas bases para recolher o nome do provável candidato. Um homem deve ser o escolhido. Ele precisa ser uma pessoa de temperamento sereno - não briguento - aglutinador, com densidade política e votos. Muitos votos, principalmente no Interior. Nesse perfil se encaixa a figura do ex-ministro da Agricultura Francisco Turra, atual presidente da Associação Brasileira dos Exportadores de Frangos. Turra, um nome acima de qualquer suspeita, é um conciliador e um dos homens mais identificados com o partido e goza de enorme prestígio político e tem voto. Muito voto, principalmente no Interior, como procura o PP. Além disso, Francisco Turra tem bom diálogo com a governadora, considerado por muitos progressistas, como uma pessoa de difícil relacionamento. Ah, uma das exigências do PP para apoiar a reeleição de Yeda é garantir, como candidata ao Senado, a jornalista Ana Amélia Lemos.

Posse

A Assembleia Legislativa dará posse hoje, na sessão plenária, ao suplente Arnaldo Kney, em substituição ao deputado Carlos Gomes que teve o seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral, na última sexta-feira. Carlos Gomes (PRB) perdeu o cargo por infidelidade partidária. Em setembro de 2009, ele trocou o PPS pelo PRB. O TRE não aceitou o argumento de defesa de Gomes, segundo o qual apenas o PPS, legenda através da qual se elegeu em 2006, poderia solicitar a cadeira. Gomes deverá recorrer da decisão.

Grande ideia!

O presidente da Assembleia Legislativa, Giovani Cherini (PDT), vai propor à Mesa Diretora da Casa uma parceria entre o Legislativo e o Instituto Escola do Chimarrão, para difundir o chimarrão como um símbolo do Rio Grande do Sul e de cooperação. Que ideia genial. Eu não sei como é que vivíamos até hoje, sem esta parceria. Que cooperação!!!

PAC

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva retornou ao trabalho na tarde de ontem quando teve uma reunião de ministros para discutir a segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Um dos setores prioritários para investimento será o das obras de drenagem. A finalidade é amenizar os transtornos causados pelo excesso de chuva, como as enchentes ocorridas recentemente em várias cidades brasileiras.

COMENTÁRIOS
Hermes Vargas dos Santos - 18/02/2010 - 09h44
O processo de direitização do PSDB aqui no RS é evidente - aliam-se ao PP, partido conservador, que acha que o termo "progressista" altera sua natureza profundamente reacionária. De outra banda, essa idéia do Giovani Cherini, de divulgar o chimarrão, mostra a mediocridade desse parlamentar (primeiro foi a casa em Esteio (Expointer), prá deixar os políticos perto das centenas de tetas - lá tem muita vaca leiteira ...). O chimarrão é muito conhecido, e não precisa desse auxílio!

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Perda de um amigo e jornalista exemplar PTB versus PSB
O governador Tarso Genro (PT) teve baixas ao longo do seu governo. Dois partidos que integraram sua base aliada deixaram de apoiá-lo: PSB e PDT
O recado do “guardião”
Após longo impasse, comissões aprovaram relatório do senador Luiz Henrique sobre o projeto de lei que estabelece novo indexador para as dívidas dos estados com a União
Cristãos novos do PDT
Depois de 20 anos, o PDT volta a ter reais chances de vencer uma disputa majoritária estadual