Porto Alegre, domingo, 22 de julho de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
6°C
14°C
11°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,7720 3,7740 1,87%
Turismo/SP 3,7600 3,9400 1,74%
Paralelo/SP 3,7700 3,9500 1,74%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
131678
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
131678
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
131678
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

SAÚDE Notícia da edição impressa de 25/06/2015

Santa Casa inaugura dez leitos de UTI Pediátrica

Montante de R$ 3 milhões arrecadado pelo grupo Voluntárias pela Vida tornou possível a construção e inauguração da unidade, que será aberta aos pacientes no dia 15 de julho

Suzy Scarton

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Lucchese diz, em inauguração de leitos, que faltam UTIs Pediátricas
Lucchese diz, em inauguração de leitos, que faltam UTIs Pediátricas

Em meio à crise orçamentária que atinge o Rio Grande do Sul, o Hospital da Criança Santo Antônio, unidade de pediatria do complexo hospitalar Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, dá motivos para sorrisos. O hospital inaugurou, ontem pela manhã, a nova Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pediátrica, que oferecerá dez novos leitos. Somando-se aos 30 já existentes, proporcionará um aumento de 25% no número de procedimentos de alta complexidade em pacientes com até 18 anos incompletos .

A abertura dos leitos só foi possível graças ao trabalho realizado pelo grupo Voluntárias pela Vida que, em eventos beneficentes, arrecadou os R$ 3 milhões necessários para a construção da unidade. A UTI foi entregue antes do prazo, previsto para julho, e foi construída em apenas 90 dias. A representante do grupo, Nora Teixeira, comemorou o sucesso da empreitada. “Quando chegamos para conhecer o hospital, vimos um recém-nascido, trazido por um bombeiro, em situação muito grave. Todas ficamos muito tocadas, todas somos mães, poderia ser nosso filho. Decidimos nos mobilizar”, comentou Nora.

Idealizador do projeto, o cardiologista Fernando Lucchese, chefe do Serviço de Cardiologia Pediátrica da Santa Casa, chama a atenção para a carência enfrentada pela área no País. “Nascem, todos os anos, 28 mil crianças com doenças congênitas do coração. Cerca de 23 mil precisam ser tratadas já no primeiro ano, 15 mil delas com cirurgias. Por ano, também surgem 12 mil casos novos de câncer em crianças. O governo deu muita atenção ao câncer e deixou de lado as doenças congênitas”, relatou Lucchese. No País, somente oito unidades realizam cirurgias em menores de 18 anos. “Vamos entregar, na semana que vem, um relatório para mostrar que esses centros estão definhando, precisam de investimentos.”

Existem apenas sete UTIs de nível 3, de alta complexidade, no Estado - seis em Porto Alegre e uma em Canoas. No total, são ofertados 96 leitos. Agora, 40 deles pertencem ao Santo Antônio, que realiza cerca de 350 procedimentos cirúrgicos e interna, aproximadamente, 1,2 mil crianças por ano. Os pacientes vinculados ao SUS representam 60% dos atendimentos. Com a nova UTI, a perspectiva é de que mais 400 internações possam ser realizadas. De acordo com a chefe da UTI, Claudia Ricachinevsky, um grupo de 14 médicos, entre pediatras, neonatologias e intensivistas, e 45 enfermeiros e técnicos de enfermagem ficarão responsáveis pelo atendimento 24 horas da nova unidade. Cirurgiões de outras especialidades também prestarão serviço quando necessário. Todos os profissionais passarão por capacitação para aprender a lidar com os novos equipamentos antes do início das internações, previsto para o dia 15 de julho.

Para que a máquina construída no hospital possa ser operada, são necessários recursos. De acordo com Lucchese, existe a expectativa de que o Ministério da Saúde repasse verbas destinadas exclusivamente ao serviço pediátrico no Estado. A diretora médica do Santo Antônio, Themis Reverbel da Silveira, estima que, na prática, cerca de 70% dos atendimentos sejam oriundos do SUS.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
CFM suspende idade limite para mulheres usarem técnicas de reprodução assistida
A decisão faz parte de resolução divulgada hoje (22) pelo Conselho Federal de Medicinal (CFM) que atualiza as regras para reprodução assistida no Brasi
Córneas podem ser doadas de seis a 12 horas depois da morte
Fila de espera para córnea dura menos de 30 dias
Porto Alegre terá edição do Farmacêutico na Praça neste domingo
Ação ocorre no Parque da Redenção, a partir das 8h, e é gratuita
Pesquisa: 89% dos clientes de planos de saúdes estão em operadoras bem avaliadas
Na faixa intermediária, com notas de 0,4 a 0,59, houve queda de 34,5% no número de operadoras