Porto Alegre, sexta-feira, 20 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
21°C
10°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1680 4,1700 0,14%
Turismo/SP 4,0900 4,3300 1,40%
Paralelo/SP 4,1000 4,3400 1,40%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
141858
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
141858
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
141858
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Começo de Conversa Fernando Albrecht
fernando.albrecht@jornaldocomercio.com.br

Começo de Conversa

Coluna publicada em 13/05/2015

Invasão de domicílio

Moradora de Esteio, a dona de casa Ordelina Drei da Silva recebeu uma visita inesperada no último fim de semana. Um tucano de bico verde, também conhecido como tucano de peito vermelho, entrou na residência de Ordelina, no bairro Jardim Planalto. Ela conseguiu capturar a ave e a colocou em uma gaiola emprestada por um vizinho. “O bichinho entrou voando em minha casa”, relatou. Fosse durante a campanha eleitoral, acabava no TRE, embora tucano político que se preze seja azul e amarelo.

SMMA/DIVULGAÇÃO/JC

Ajuste fiscal

Tudo bem que o Brasil precisa do ajuste fiscal, mas, até agora, a economia do governo federal está sendo paga pelos contribuintes. Em torno de 80% desta conta foi jogada no nosso lombo. São bilhões a mais na carga tributária, tirados do orçamento do trabalhador brasileiro.

Dupla função

Esse jogador do Bayern, Lewandovski, será que ele usa aquela máscara para se proteger porque sofreu fratura na face ou porque na vida privada ele é chegado na doutrina do doutor Hannibal Lecter, aquele da mordidinha básica?

A praça é do povo

O acampamento de sem-teto (mas com barraca) na Praça da Matriz foi desmontado na cordialidade. O vice-prefeito Sebastião Melo (PMDB) informou que todos, cerca de 12 — originalmente eram 20 — foram encaminhados para diversas instituições. Para evitar a repetição do problema, a Guarda Municipal vigiará a praça de dia e a Brigada Militar de noite. Paralelamente, a prefeitura acordou com a associação dos moradores da área para que ela promova atividades culturais e artísticas na praça, o que ajudará a manter o novo status.

CARLOS FOGASSO/DIVULGAÇÃO/JC

Sem maná

A inflação e o custo de vida caparam a renda, então, o assalariado tira dinheiro da popupança. Sem poupança, a Caixa não tem de onde tirar dinheiro. O governo vai tirar recursos do FGTS, pau para toda obra. O Fundo do Amparo do Trabalhador (FAT) está com buraco de mais de R$ 20 bilhões, porque o FAT bancou o seguro-desemprego. No hay plata. No money. Maná caiu dos céus só uma vez e, mesmo assim, a história não está bem contada. Como agora.

O avalista

Ao falar do atual momento do PMDB, o deputado e presidente da sigla no Estado, Ibsen Pinheiro, analisou de forma crítica seu partido no cenário nacional. Entre outras coisas, disse que o PMDB está se mostrando “fiador de ideias alheias”.

Histórias do Lauro I

Durante anos, o Rio Grande do Sul se quedava diante do rádio, então o grande veículo de comunicação social, especialmente nos anos de 1950, para ouvir o Repórter Esso. O locutor, inigualável, era Lauro Hagemann, recém-falecido. Era integrante do velho Partidão, o Partido Comunista Brasileiro. Quando deixou a Rádio Farroupilha, coincidiu que a então poderosa Rádio Guaíba de Breno Caldas estava contratando locutores. A emissora não tocava jingles, era um comercial seguido de duas músicas. Lauro entrou na fila dos candidatos.

Histórias do Lauro II

Casualmente, o doutor Breno, como era chamado, passava por ali e perguntou o que ele fazia na fila. “Vim fazer o teste para locutor”, respondeu. O empresário pegou-o pelo braço, tirou-o da fila, e disse-lhe: “Não precisa testar, estás empregado”. Correto, Lauro, alertou o futuro patrão de que era filiado ao PCB. A resposta: “Aqui serás locutor, e um dos melhores. Lá fora, a tua opção política é problema teu, Lauro”. Duas pessoas corretas, embora, ideologicamente, opostas. O causo foi lembrado pelo jornalista Roberto Brenol Andrade.

Miúdas

  • PARECE mentira, mas é verdade: desde 1985, os antigos acionistas do Banco SulBrasileiro aguardam o julgamento do processo. Ninguém sabe nem mesmo o valor total. Mas é um monte.
  • TODOS os processos que envolvem a União estão na mesma situação da letra de uma antiga marchicha de Carnaval: “Daqui não saio, daqui ninguém me tira”.
  • DIA do Defensor Público será celebrado na próxima terça-feira. A Defensoria Pública realizou mais de 550 mil atendimentos em 2014, sendo 30% nas áreas de Direito Cível e de Família.
  • DIA dos Namorados, 12 de junho, é aposta forte do comércio para revitalizar as vendas. Matéria-prima é que não falta.
  • DEU no jornal: Polícia suspende operação contra roubo de cargas por falta de vagas nos presídios. Tudo tão estranho...

    Finais

    • CDL Porto Alegre promove dia 21 o Zoom – Vencendo a Crise, onde serão apresentadas alternativas para que o varejo consiga ultrapassar sem grandes traumas a delicada situação econômica do País.
    • MAIORES especialistas em maçãs do mundo estarão em Caxias do Sul, dias 14 e 15/Sindicato Rural, para discutir os resultados de experimentos feitos na Serra. Parceria Embrapa Uva e Vinho/Senar-RS.
      COMENTÁRIOS
      Nenhum comentário encontrado.

      imprimir IMPRIMIR
      COLUNAS ANTERIORES
      A paisagem da Praça XV
      Há muito tempo que as obras da pavimentação do entorno da Praça XV e da rua José Montaury estão ou paradas ou a passo de tartaruga
      Uma valsa na rua
      Com a temática “Calma. Você é o trânsito”, a 12ª Campanha Não quero morrer no trânsito promoveu ontem uma ação inusitada
      Simulador gaudério
      As festividades da Semana Farroupilha já acabaram, mas em Marau, Norte do Estado, o cultivo às nossas tradições permanece e é transmitido para as novas gerações
      Sol e vento