Porto Alegre, sábado, 19 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
16°C
20°C
15°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1180 4,1200 1,24%
Turismo/SP 4,0600 4,3200 1,09%
Paralelo/SP 4,0700 4,3100 1,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
371484
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
371484
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
371484
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

ARTIGOS Notícia da edição impressa de 13/05/2015

Redução da maioridade penal é solução?

Catarina Paladini

Após 20 anos, a proposta de redução da maioridade penal voltou a ser pauta no Congresso Nacional. Polêmico, o tema exige discussão e informação. Por isso, a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa promove, em Porto Alegre e em mais cinco cidades gaúchas, uma série de audiências públicas sobre o tema. É nosso dever falar sobre a juventude e sobre a medida que pode comprometer o futuro do País. O Brasil tem 26 milhões de adolescentes: 111 mil cumprem medida socioeducativa; 88 mil com prestação de serviços e 23 mil em regime de internato. O índice de reincidência nesses casos é de menos de 20%. Já nosso sistema prisional ? que possui mais de 500 mil presos e é um dos piores do mundo ? ao invés de promover a ressocialização, aperfeiçoa no mundo do crime. Pergunto: será justo ou correto condenar os jovens a esse regime?

Estudos feitos fora do Brasil mostram que a redução da maioridade penal não reduz os índices de criminalidade. Assim como está comprovado que não há relação direta entre o aumento da punição e a redução das práticas ilícitas. Precisamos agir com responsabilidade e trazer para o debate a realidade brasileira, não um recorte apenas. Os jovens precisam de perspectivas, de acesso ao conhecimento. Educação é a solução! Isso não significa que não possamos rever as consequências para os casos de reincidência em crimes hediondos. Mas com prudência, dentro da perspectiva de ressocialização, que é o dever do Estado.

Deputado estadual/PSB

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
O desembargador Hermanna
Em 1963, o juiz Túlio Barbosa Leal (titular da antiga 1ª Vara) pediu remoção da Comarca de Bagé para Pelotas
Por que sempre o muro?
Artigo recentemente publicado mais parece prestar-se às surradas orquestrações, de tempos em tempos despertadas
Terceirizações e ‘coitadismo’
A razão para não restringir as terceirizações é garantir mobilidade e agilidade de gestão empresarial, e a adoção de tecnologias, processos e serviços inovadores e independentes
A crise a seu favor
A crise está aí, e as dificuldades começam a aparecer