Porto Alegre, segunda-feira, 06 de julho de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
16°C
12°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
927528
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
927528
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
927528
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

ensino Notícia da edição impressa de 02/12/2014

Gaúchos são premiados em Olimpíada Jurídica

Dividida em três fases, competição reuniu mais de 70 instituições de ensino de todo o Brasil

Wagner Miranda

ANA KNEVITZ/FEEVALE/DIVULGAÇÃO/JC
Guilherme Zimmermann (d) classifica a competição como desafiadora para os acadêmicos de Direito
Guilherme Zimmermann (d) classifica a competição como desafiadora para os acadêmicos de Direito

Quatro acadêmicos de Direito da Universidade Feevale foram premiados após garantirem o segundo lugar na nona edição da Olimpíada Jurídica da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Os estudantes, que estiveram na região Sudeste do País nos dias 21 e 23 de novembro, superaram mais de 70 equipes de diferentes instituições de ensino do Brasil. O pódio foi formado ainda pela equipe da FDV – campeã – e pelos estudantes do Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter), que ficaram com a terceira colocação.

Para Guilherme Zimmermann, um dos alunos da Feevale, a Olimpíada da FDV forneceu um ambiente desafiador, obrigando os estudantes a pesquisar, elaborar e colocar em prática diversos conteúdos jurídicos. “A experiência em participar de um evento como esse é grandiosa, pois, além do ambiente instigador, através do qual aprendemos muito, tivemos a oportunidade de dialogar e constituir contatos com integrantes de outras instituições de ensino, ampliando nossa visão sobre o ensino do Direito”, destaca o acadêmico.

A Olimpíada Jurídica é uma competição direcionada a alunos que estejam regularmente matriculados nos cursos de graduação de Direito de instituições de Ensino Superior públicas ou privadas, credenciadas pelo Ministério da Educação  (MEC). Nesta edição, todas as provas elaboradas pela comissão organizadora do evento abordaram temas relacionados a direitos humanos.

Zimmermann revela o método de estudo adotado por seu grupo. “Nós realizamos estudos individuais sobre os diversos tópicos envolvendo direitos humanos, buscando estudar os tópicos que tinha familiaridade e que identificativa como dificuldade. Nós nos comunicávamos, a fim de não estudarmos, involuntariamente, o mesmo assunto. Mas, por vezes, era justamente o que fazíamos, devido ao fascínio que o tema dos direitos humanos causa”, lembra.

A competição foi dividida em três fases. Destas, as duas primeiras foram no modo online e, a última, presencial. A temática da primeira fase foi baseada no tema central – direitos humanos – vinculado ao meio ambiente. Na segunda etapa, o viés seguiu o mesmo, porém com a inclusão de questões do direito coletivo ao meio ambiente sustentável, direitos humanos com olhar internacional, direito à circulação e liberdades individuais. Já a última etapa trouxe uma gama variada de assuntos, dentre eles os temas da constituição de novos estados, Direito Internacional Público, direito das tecnologias de informação, acesso à informação, privacidade dos dados pessoais e direitos autorais.

Cada estudante da Feevale recebeu pelo vice-campeonato R$ 1.150,00 em livros da Editora Atlas e uma Apple TV. Zimmermann afirma que já definiu o destino de seu prêmio. “O mais provável é que aproveitarei esse valor para adquirir livros que dialoguem com o trabalho de conclusão do curso, bem como algumas obras que possam ser utilizadas, posteriormente, para o exercício da profissão”, projeta. No próximo ano, a Olimpíada completa uma década, em mais uma oportunidade para os estudantes de Direito darem os primeiros passos na profissão.

Terceira colocada neste ano, UniRitter promete buscar  o primeiro lugar em 2015

Terceira colocada na competição deste ano, a UniRitter garante que viajará novamente para Vitória no ano que vem. A única mudança ficará por conta dos alunos integrantes da equipe. Como dois acadêmicos estão próximos da formatura – 10º semestre –, a instituição precisará reformular a equipe. Mas a vontade de vencer não mudará. Quem afirma é o professor da faculdade de Direito Voltaire Michel, que acompanhou os alunos na Olimpíada Jurídica. O docente intitula-se secretário do grupo e explica o porquê: “Estive acompanhando o grupo somente para cuidar de assuntos como alimentação, estadia, passagem”, afirma. Michel credita o terceiro lugar em uma competição que reuniu mais de 70 faculdades ao empenho de seus alunos.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR