Porto Alegre, sexta-feira, 24 de janeiro de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
29°C
34°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1860 4,1880 0,50%
Turismo/SP 4,1200 4,3820 0,09%
Paralelo/SP 4,1300 4,3800 0,22%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
148055
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
148055
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
148055
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Gastronomia Carlos Pires de Miranda
carlos@piresdemiranda.com.br

Gastronomia

Coluna publicada em 26/09/2014

Um especialista em cordeiro

MARCO QUINTANA/JC

O nome é atraente, a localização também: o Rei do Cordeiro escolheu instalar-se no Boulevard Laçador, um shopping de restaurantes junto à cabeceira da pista do Salgado Filho. Com o magnetismo que os aviões e a carne de cordeiro exercem sobre muitas pessoas, o empreendimento decola com tudo para dar certo.

Às mesas são postos molhos, geleias, azeite, farofa (até que enfim, ela começa a ser valorizada em churrascarias), tenro aipim cozido com bacon, saladas de batatas com maionese, duas de rúcula e outras folhas verdes fresquíssimas, com tomate seco ou figos. Pelo salão, circulam espetos com a coleção de carnes de cordeiro e bovinas, além de coração de frango.

Quem dirige a casa são os sócios Chico Ongaratto (ex-Churrascaria Moinhos de Vento e Galpão Cioulo) e Eliandro Romiu, este responsável pela padronização dos cortes de cordeiro e criador dos molhos que os acompanham – iogurte, hortelã, mostarda com mel e frutas vermelhas. Do Uruguai vêm pernil desossado, paleta, carré, costela, picanha e alcatra de cordeiro, além das carnes bovinas – picanha, entrecôte e costela de tira.

Experimentamos quase todas, sempre impecáveis, à exceção da costela bovina – apenas osso e graxa na primeira passada, melhor na seguinte, após uma reclamação. O amplo ambiente comporta 140 pessoas e permite visão da pista do aeroporto desde a maioria das mesas. Os garçons são atentos e cuidadosos - nem um pingo de gordura maculou nossa mesa durante o desfile de uma dezena de espetos.

O preço por pessoa é de R$ 61,00 (+ 10%). A carta de vinhos ostenta 70 rótulos, sempre com algumas opções para degustação por taça, servida em máquina dosadora. As sobremesas começam em pudim de leite (R$ 6,00), passam por sorvetes, cheesecakes (R$ 12,00) e chegam às peras ao molho de vinho (R$ 15,00).

Rei do Cordeiro
Av. dos Estados, 111, segundo andar (tel. 51 3325-5549). Das 11h30min às 15h (sábados e domingos até 16h30min) e das 19h30min às 23h, com folga nos domingos à noite. Estacionamento (grátis) no local

Nhoque de Mozzarella de búfala

Por chef Gui Bomfim para o Selo de Pureza 100% Búfalo

SELO DE PUREZA BÚFALO/DIVULGAÇÃO/JC

Ingredientes [oito porções]

  • 1 kg de mandioquinha
  • 100g de farinha de trigo
  • 1 gema
  • sal
  • 400g de Mozzarella de búfala 100% pura
  • 2 litros de leite
  • 1 cebola pequena
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 5 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 xícara (chá) de Parmesão ralado
  • suco e raspas da casca de 2 limões caipiras
  • 1 colher (café) de noz-moscada

Modo de preparo

  1. Cozinhar mandioquinhas com cascas, cuidando para não passarem do ponto. Descascar, passar ainda quente por um espremedor, misturar farinha, gema e sal.
  2. Formar uma massa lisa que não grude nas mãos. Se necessário, ajustar com mais um pouco de farinha.
  3. Fazer bolinhas não muito pequenas e reservar.
  4. Cortar Mozzarella em cubinhos e com ela rechear os nhoques: abrir a massa na palma da mão, colocar o queijo e fechar bem. Reservar.
  5. Picar cebola e refogar na manteiga. Adicionar farinha, mexer bem, derramar leite aos poucos, mexendo para não formar grumos. Reduzir em fogo médio até engrossar o molho.
  6. Acrescentar Parmesão, suco de limão e misturar. Temperar com sal, noz-moscada e algumas raspas da casca do limão.
  7. Dispor nhoques em fôrma refratária, derramar o molho sobre eles e levar ao forno médio aquecido, por 20 minutos ou até gratinar.

Via e-mail

  • Próxima atração no roteiro dos festivais gastronômicos do Sheraton Porto Alegre será a Amazônia, em outubro, com conceituada chef da região. No jantar farroupilha, o cearense Mauro Sousa, chefe executivo das cozinhas do hotel, apareceu elegantemente pilchado. Mas no amazônico ele previne: não usará indumentária indígena.
  • Começa segunda-feira e segue até dia 12 de outubro, em Porto Alegre, a sexta edição da Restaurant Week. Durante o período, 30 restaurantes credenciados apresentam menus com entrada, prato principal e sobremesa por preço único: almoços, R$ 37,90, jantares, R$ 49,90 – sempre acrescidos de R$ 1,00, valor destinado a uma entidade filantrópica.
  • Noite Gaúcha será o tema do jantar no Juvenil Club Gourmet, dia 29. Na cozinha, Acir Inda, Álvaro Pacheco Filho, Delmar Pellegrini Filho e Luiz Fernando Soares.
  • Vinum loja de vinhos e seu bistrô estreiam no Restaurant Week com dois caprichados menus para almoço ou jantar. Entrada: salmão marinado com blinis de risoto; linguado confitado com purê de cenoura (almoço), ou filé mignon ao molho de vinho do Porto e guacamole de batatas (jantar). Com duo de crème brûlée, custa o preço fixo do festival. Rua Marquês do Herval – reservas (51) 3395-4597.
COMENTÁRIOS
Adalberto - 26/09/2014 - 13h56
Uma casa de "lanuda"...vou ter que olhar essa de perto. Sou natural de Encruzilhada do Sul...ex terra da ovelha

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Roteiro para os papais As delícias das fondues Para a noite dos namorados Em dias tranquilos, ainda melhor