Porto Alegre, segunda-feira, 17 de janeiro de 2022.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
706568
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
706568
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
706568
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

TECNOLOGIA Notícia da edição impressa de 27/05/2014

Mercado brasileiro de TI fatura US$ 61,6 bilhões em 2013

Empresários estão cautelosos para este ano em função das eleições

A indústria brasileira de Tecnologia da Informação (TI), posicionada em 7º lugar no ranking mundial, movimentou US$ 61,6 bilhões em 2013. Esse resultado é 15,4% superior ao registrado em 2012, de acordo com o mais recente estudo realizado pela empresa de consultoria IDC em parceria com a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes). Os dados envolvem o setor de software, serviços e hardwares, e não consideram as exportações.

Se forem considerados somente os investimentos em soft-ware e serviços de TI, foram alcançados US$ 25,1 bilhões, incremento de 10,1% sobre o ano anterior. “Esse desempenho superou as mais otimistas expectativas, impulsionado principalmente pelo crescimento da venda de novos dispositivos móveis, como tablets e smart-phones”, destaca o presidente da Abes, Jorge Sukarie.

Ao considerar isoladamente o mercado de software, o faturamento atingiu no ano passado a marca de US$ 10,7 bilhões. Já o mercado de serviços registrou um montante na ordem de US$ 14,4 bilhões em 2013.

O estudo trouxe também a concentração regional dos investimentos do mercado de TI no País. Analisando apenas o segmento de software, a região Sudeste reuniu o maior volume de recursos alocados para o setor em 2013, com 64,6% de participação. O Norte foi o que menos investiu no setor, com o percentual de 2,2% de participação; o Nordeste registrou 8,6%; o Sul 13,4% e o Centro-Oeste 11,03%.

No segmento de serviços, o Sudeste do Brasil foi também a região com o maior volume de investimentos, com participação de 63,1%, seguido da região Centro-Oeste (13,7%), Sul (12,4%), Nordeste (8,5%) e Norte (2,1%).

Para 2014, o presidente do Sindicato das Empresas de Informática do Rio Grande do Sul (Seprogrs), Edgar Serrano, vê o mercado cauteloso, especialmente em função das eleições. “É algo que acontece de dois em dois anos no Brasil. Quanto mais instável o nosso cenário político, maiores as probabilidades de as prioridades de investimentos mudarem de acordo com o governo que assumir”, observa. Como resultado isso, os grandes compradores de TI acabam deixando novos investimentos em compasso de espera, o que vai afetando o setor.

O presidente da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação, Software e Internet (Assespro), Robinson Klein, observa que, em 2013, pesquisa realizada pela entidade mostrou que quase 60% das empresas de TI cresceram entre 10% e 15%. Para este ano, entretanto, o desempenho do setor como um todo não deve se repetir e, consequentemente, isso se refletirá nos resultados individuais das companhias. “É um sentimento decorrente da própria perspectiva não tão positiva do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e também decorrente da falta de mão de obra. Muitas empresas teriam potencial para avançar, mas estão cada vez mais limitadas pela dificuldade de conseguir capital humano para os seus projetos”, lamenta.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Documentos foram assinados nesta quinta-feira por José Ivo Sartori
Rio Grande do Sul lança editais para parques e polos tecnológicos
Nanossatélite brasileiro entra em órbita e tem sinais captados no país
O artefato está em órbita a uma altitude de cerca de 400 quilômetros e funciona da forma prevista
Donos de aparelhos Apple já podem baixar sistema operacional iOS 9
A Apple liberou nesta quarta-feira (16) a nova versão do seu sistema operacional, o iOS 9, que já está disponível para os modelos mais recentes de iPhone, iPad e iPod Touch
Mark Zuckerberg anunciou que a empresa já está trabalhando na nova ferramenta
Facebook terá botão ‘não curti’, anuncia Mark Zuckerberg