Porto Alegre, segunda-feira, 21 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
17°C
22°C
14°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1390 4,1410 0,50%
Turismo/SP 4,0900 4,3480 0,64%
Paralelo/SP 4,1000 4,3400 0,69%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
560713
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
560713
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
560713
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

DESTAQUES DO ANO 2013 23/05/2014 - 14h28min

Destaques do Ano do JC aponta os avanços e os desafios do País

Paulo Serpa Antunes

Fotos Clareana Ferreira/Especial/JC
Para Mércio Tumelero, 2014 é um ano de oportunidades
Para Mércio Tumelero, 2014 é um ano de oportunidades

O Jornal do Comércio homenageou empresas e empresários de atuação destacada em seus segmentos em 2013 com o prêmio Destaques do Ano. Na cerimônia, realizada nesta sexta-feira (23), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), empresários e autoridades fizeram uma avaliação do atual momento do País.

A cerimônia, que acontece há 28 anos, celebrou ainda o aniversário do JC - que completa 81 anos de circulação ininterrupta no dia 25 de maio - e o Dia da Indústria. Durante o almoço, foram homenageadas 16 empresas e empresários que se destacaram em seus segmentos durante o ano passado (veja abaixo).

Lideranças políticas e econômicas fizeram a entrega dos troféus aos homenageados
Em seu discurso, na abertura da cerimônia, o diretor-presidente do JC, Mércio Tumelero, fez um alerta sobre os entraves ao crescimento do País, como a alta carga tributária e os problemas de infraestrutura, mas destacou o bom momento do Rio Grande do Sul, com uma safra recorde no campo e um novo ciclo de grandes investimentos privados.

"Entre os homenageados de hoje, podemos citar os R$ 500 milhões do M.Grupo em hotéis e shopping centers, os R$ 250 milhões da Stara na ampliação de sua indústria em Não-Me-Toque e os R$ 460 milhões da Gerdau em Sapucaia do Sul", afirmou.

Para o diretor-presidente, 2014 é um ano repleto de desafios e oportunidades em razão da Copa do Mundo no Brasil e das eleições: "O momento é oportuno para debatermos soluções para o Estado e para o País, demandas importantes para as quais a sociedade aguarda soluções", pontuou. Tumelero homenageou ainda o jornalista e colunista do Jornal do Comércio Adão Oliveira, que faleceu no dia 15 de abril, aos 65 anos.

Em seu discurso, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, destacou um clima de pessimismo que persiste na sociedade. "Paira entre nós uma nuvem muito obscura que não consegue visualizar as grande iniciativas que o nosso povo tem realizado", afirmou. "Felizmente, temos aqueles que, ao acordar de manhã, não se deixam dominar pelo pessimismo", concluiu, elogiando a iniciativa do JC e o trabalho de todos os homenageados.

André Gerdau Johannpeter foi destacado como Empresário do Ano pelo JC
O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, prestou homenagem ao JC, que chamou de "carregador da esperança do Estado" e destacou o atual momento político do País. "Vivemos hoje uma situação mundial de extremo desafio, que exige não só a nossa capacidade máxima de inteligência mas, também nossa máxima capacidade política para saber construir consensos".

Para André Gerdau Johannpeter, destaque na categoria Empresário do Ano, foi uma honra receber o prêmio, principalmente porque a empresa passa por um momento de retomada do crescimento, uma vez que a rentabilidade ficou abalada após a crise de 2008. "A gente se sente honrado, mas eu já saio daqui pensando nos novos desafios", acrescentou.

Veja abaixo a lista dos premiados:
Comércio: FCDL-RS
Desenvolvimento: Badesul
Destaque Especial: Expointer
Dirigente Financeiro: Túlio Zamin
Educação: Fundação Liberato
Empreendedorismo Jovem: Junior Achievement
Empresário do Ano: André Gerdau Johannpeter
Entidade: Agas
Hotelaria: Hotel Dall'onder
Laboratório: Endocrimeta
Máquinas Agrícolas: Stara
Pesquisa Científica: Fapergs - 50 anos
Revenda de Carro: Panambra
Seguros: Icatu Seguros
Shopping Center: M.Grupo
Sindicato: Secovi

Opiniões de premiados divergem em relação à Copa do Mundo

Leonardo Pujol

Vitor Koch acredita que a Copa será positiva para o comércio

Reunindo diversos líderes empresariais e políticos, o Destaques do Ano 2013 também movimentou a especulação sobre a Copa do Mundo no Rio Grande do Sul. Vitor Augusto Koch, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS), entidade premiada na categoria Comércio, destacou que o evento deixará um grande legado. "O comércio está ansioso. A troca de experiência internacional que vamos ter durante o torneio será muito positiva para todo mundo”, acredita. 

Apesar da grande expectativa, Koch lamentou o obstáculo da língua inglesa, ainda fraca entre a população. "Hoje o inglês não é um acréscimo, é uma necessidade. Se diferencia quem enxerga (na Copa) uma oportunidade de crescimento. Quem dera tivesse um evento desses a cada quatro anos", aponta.

Para Michelon, Copa não beneficiará a Serra gaúcha
Se o comércio aguarda com ansiedade a realização do torneio mundial, a rede hoteleira da Serra gaúcha não partilha do mesmo sentimento. Tarcísio Michelon, diretor superintendente do hotel Dall’Onder, empresa destacada na categoria Hotel, relata que o evento não influenciará positivamente a região. "A Copa do Mundo para nós não foi um bom negócio, porque durante a competição há recesso de muitas empresas, não há eventos, que é o nosso forte. Para o Brasil será muito boa, mas para nós não”, disse.  

Ainda que não tenha grandes expectativas com a Copa, Michelon agradeceu o prêmio recebido hoje, dizendo que é um grande incentivo. "Esse destaque é resultado de um trabalho diferenciado nesses 34 anos e é um grande incentivo para o nosso trabalho", reforçou. "A rede hoteleira na nossa cidade (Bento Gonçalves) hoje tem três mil leitos, empatando com Caxias do Sul, que é cinco vezes maior", concluiu.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Lideranças de entidades, empresários e gestores públicos receberam o reconhecimento na solenidade
Jornal do Comércio reconhece contribuição ao desenvolvimento
Destaques do Ano serão reconhecidos hoje pelo JC
Tradicional premiação celebra o aniversário de 81 anos do Jornal do Comércio e o Dia da Indústria
Trabalho do secretário da Agricultura tem foco no aumento da renda e da qualidade
Fioreze dá continuidade ao legado da gestão no Parque Assis Brasil
Schukster diz que trabalho ampliou conhecimento da sociedade sobre o setor
Secovi-RS busca acompanhar as dinâmicas imobiliárias do Estado