Porto Alegre, quinta-feira, 28 de outubro de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
920695
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
920695
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
920695
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

NEGÓCIOS CORPORATIVOS Notícia da edição impressa de 30/04/2014

Grupo Suretank investe R$ 20 milhões em sua primeira unidade na América do Sul

Marina Schmidt

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Fitzgerald anunciou a Knijnik plano de expansão no Rio Grande do Sul
Fitzgerald anunciou a Knijnik plano de expansão no Rio Grande do Sul

A primeira fábrica da Suretank Group na América Latina começa a operar nesta quinta-feira, em Caxias do Sul. O grupo – sediado na Irlanda e com fábricas na Europa, América do Norte, Ásia, Oceania e, agora, na América do Sul – é líder mundial na produção de contêineres e tanques com aplicação no setor de óleo e gás.

O anúncio do investimento na planta gaúcha, no valor de R$ 20 milhões na primeira fase do projeto, foi feito na Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI) pelo CEO do grupo, John Fitzgerald, e pelo CEO da Suretank América Latina, Marco Pfeifer.

Com parque fabril já instalado, as operações no Brasil iniciam com demanda para seis meses de produção, detalhou o diretor comercial, Leandro Fagundes. Os pedidos já efetivados vieram de empresas sediadas na Europa e nos Estados Unidos e devem responder por um faturamento aproximado de R$ 90 milhões apenas na primeira fase do projeto, embora os executivos da empresa tenham assegurado que esse montante deve ser revisto em breve. A capacidade produtiva da fábrica é de 100 toneladas/mês.

Pfeifer destacou que, inicialmente, a planta terá uma operação módica, correspondendo a aproximadamente 15% das operações do grupo, mas ponderou que o potencial de crescimento local é grande. “Temos um mercado interno jovem”, detalhou sobre as oportunidades, ressaltando que os produtos entregues pela empresa se caracterizam pela robustez e durabilidade.

Nesse sentido, o CEO da Suretank América Latina vê a camada pré-sal como uma das áreas de projeção do grupo dado ao alinhamento dos equipamentos fabricados com as necessidades operacionais da exploração. “Esse é um segmento com características específicas. Nossa proposta é de um produto robusto e seguro.” A fábrica de Caxias do Sul será base para atendimento de toda América Latina, acrescentou o executivo.

A opção pela implantação da fábrica no Rio Grande do Sul não se deu apenas pelo polo naval do Estado, ressaltou Pfeifer. Caxias do Sul foi a cidade escolhida pela capacidade produtiva notada pela equipe e pelo polo metalmecânico já instalado, benefícios que se somam à expectativa de obtenção de estímulos e vantagens competitivas, especialmente em relação à logística, mencionou.

O secretário de Desenvolvimento e Promoção do Investimento, Mauro Knijnik, assegurou que a chegada da fábrica coaduna com o período de expansão do Estado. “Estamos vivendo um excelente momento no Rio Grande do Sul, com crescimento industrial de 6,8%. Essa empresa veio em um momento muito oportuno.” 

A AGDI intermediou a busca por sócios locais para a empresa desde a realização da feira Offshore Europe 2011, em Aberdeen, na Escócia. A vinda da empresa para o País tornou-se possível a partir das parcerias estabelecidas.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
AB InBev anuncia compra da maior cervejaria artesanal de Los Angeles
A aquisição deverá ser concluída no quarto trimestre do ano
Altice vai comprar norte-americana Cablevision por cerca de US$ 10 bilhões
Incluindo a dívida da Cablevision, o acordo avalia a empresa em US$ 17,7 bilhões
UE deve aprovar aquisição de negócio de energia da Alstom pela General Eletric
A União Europeia deve aprovar a aquisição do negócio de energia da Alstom pela General Eletric na terça feira, segundo duas pessoas familiares com o assunto
Cade rejeita compra da Condor Pincéis pela Tigre
O pedido de análise da operação foi feito em novembro do ano passado