Porto Alegre, quarta-feira, 25 de novembro de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
209236
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
209236
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
209236
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

comunicação 22/04/2014 - 15h53min

Empreendedorismo muda perfil das escolas de Comunicação

Com mercados saturados e o surgimento de novas plataformas na internet, uma das principais tendências na área de comunicação é o empreendedorismo. Startups e novos negócios informais nascem, em todo o mundo, já nos bancos das próprias universidades. As mudanças nos currículos das graduações de Jornalismo e de Relações Públicas, aprovadas no ano passado pelo Conselho Nacional de Educação, já pedem que o tema faça parte da grade curricular dessas áreas.

O primeiro curso de Jornalismo a adotar as novas regras, neste ano, foi o da Universidade Regional de Blumenau (Furb). "A discussão de incorporar esse tipo de disciplina foi trazida pelo próprio mercado, pela importância de ter uma linha de atuação para além dos mercados tradicionais", afirmou ao Fórum Estadão Brasil 2018 a coordenadora do curso, Roseméri Laurindo.

Para a diretora da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP), Margarida Kunsch, hoje o aluno atua principalmente como autônomo, microempresário ou freelancer. "A ideia de que se iria para uma grande empresa passou a ser uma raridade. Agora, são poucos os que conseguem trabalhar nesses locais, porque os empregos são poucos", afirma.

Os Fóruns Estadão Brasil 2018 trazem uma série de debates públicos e cadernos especiais com reportagens, entrevistas e estudos inéditos, com apoio do Insper, centro de referência nas áreas de Educação, Administração, Direito e Engenharia. O objetivo é estimular a discussão analítica sobre problemas que afetam diretamente a vida das pessoas. A partir daí, levantar ideias e propostas que possam contribuir para o desenvolvimento do País e para a gestão dos governantes a serem eleitos em outubro.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Conceito de regulamentação da mídia não é claro, diz presidente da Abert
Daniel Slaviero disse que as empresas do setor de comunicação estão abertas à discussão de propostas que contribuam para garantir os direitos da sociedade à liberdade de imprensa
De acordo com Daniel Slaviero, não houve e não há demissões em massa no setor
Presidente da Abert diz que crise e demissões não ameaçam liberdade de imprensa
Isara Marques assume a presidência da Fundação Cultural Piratini
Sartori anuncia jornalista para a presidência da Fundação Piratini
Entidades de imprensa repudiam decisão que mandou recolher Isto É
Entidades representativas do setor de imprensa criticaram a decisão da Justiça do Ceará que determinou a retirada de circulação da edição desta semana da revista "IstoÉ"