Porto Alegre, domingo, 17 de novembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
31°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1890 4,1910 0%
Turismo/SP 4,1400 4,3980 0,18%
Paralelo/SP 4,1500 4,3900 0,22%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
143728
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
143728
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
143728
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Conexão Política Adão Oliveira
adaooliveira@hotmail.com

Conexão Política

Coluna publicada em 16/12/2013

Tarso quer Zambiasi

O governador Tarso Genro (PT), que já esta em campanha pela reeleição, tentará se manter no Piratini com outra parceria. Beto Grill, do PSB e atual vice-governador, está em outra trincheira. O seu partido, que terá candidato próprio à presidência da República – o governador pernambucano Eduardo Campos – não se manterá em aliança com o PT de Tarso Genro, que vai trabalhar pela reeleição de Dilma Rousseff (PT).

Tarso parece não se importar com essa dissidência. Ele dá de ombros quando se fala nisso, mas sempre ressalta que Beto Grill foi um bom companheiro. Com isso, Tarso saiu à cata de um bom nome para compor a chapa na condição de vice-governador. O escolhido é o ex-senador Sérgio Zambiasi (PTB). 

Zambiazi, desde que deixou o Congresso, tem se mantido ‘low-profile’. Ao voltar para Porto Alegre, ele passou a trabalhar na rádio Farroupilha, de onde havia saído para ser senador da República. Parecia não se importar com mais nada. Política, então, nem pensar. Mas isso é apenas meia verdade. O agora radialista estava sempre preocupado com a atuação do PTB. Há poucos dias, ele passou chateado com o escândalo da Procempa, a Companhia de Processamento de Dados de Porto Alegre, então administrada por um integrante de seu partido. 

Zambiasi submergiu, mas Tarso Genro não se deu por vencido. Diariamente, o governador faz acenos ao popular radialista, que não tem dito nada a respeito. Tarso, sim. Ele não escolhe lugar para elogiar o ex-senador. Parece até que, se não for Zambiasi o seu companheiro de chapa, a sua reeleição está em perigo. Até agora não se sabe o que poderá acontecer. Zambiasi é uma esfinge. Até hoje, por exemplo, ninguém sabe por que, depois de alcançar alto prestígio na Câmara Alta da República, o senador desistiu de concorrer para vir apresentar um programa de rádio, em Porto Alegre. 

Estranho. Muito estranho!

Dilma agradece presentes

A presidente Dilma Rousseff (PT), que completou 66 anos no sábado e comemorou o aniversário em seu apartamento, em Porto Alegre, agradeceu pelos presentes e cumprimentos recebidos por mensagem através do microblog Twitter. “Amigas e amigos, agradeço a todos pela gentileza nesse dia. Estamos juntos”, escreveu. 


COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
O nível vai baixar!
Depois da vitória esmagadora na pré-convenção do PMDB, no sábado, José Ivo Sartori tirou o domingo para descansar e refletir
‘Basta! Chega de violência’.
A crescente onda de violência, que iniciou em junho do ano passado, atingiu o nível de insuportável
As ideias do PMDB
O tal expediente consiste numa troca de interesses entre o Planalto e a base de sustentação da presidente da República no Legislativo
2014 está chegando!
Presidente Dilma Rousseff, do PT, é candidata à reeleição e já saiu na frente, de acordo com os institutos de pesquisas de opinião pública