Porto Alegre, terça-feira, 17 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
16°C
24°C
14°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0950 4,0970 0,17%
Turismo/SP 4,0400 4,2800 0%
Paralelo/SP 4,0500 4,2900 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
128745
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
128745
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
128745
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

HISTÓRIAS DO COMércio e dos serviços Notícia da edição impressa de 09/12/2013

Primeira parada: Lojas Duquesa

Guilherme Daroit

CLAITON DORNELLES/JC
O início da trajetória data  da década de 1960
O início da trajetória data da década de 1960

O destino final pode variar, mas, há alguns anos, muitas das viagens de porto-alegrenses costumam ter um ponto de partida em comum: a Lojas Duquesa. Atualmente com três unidades, todas no Centro da Capital, a rede familiar, autodeclarada a primeira especializada em artigos de viagem da cidade, é tradicional opção para quem procura malas, bolsas, mochilas e outros produtos semelhantes.

O início da trajetória data da década de 1960, quando o patriarca da família, o açoriano Fernando Pereira, abriu uma fábrica de bolsas, cintos e artigos de couro. A indústria, até então nomeada Margareth e localizada na rua Ernesto Alves, no bairro Floresta, “era pequena, com clientes em Porto Alegre e no Interior”, segundo Nelso Pereira, filho do fundador e um dos atuais proprietários da Duquesa junto a outros quatro irmãos - César, André, Celso e Telmo.

Um dos grandes saltos do negócio, entretanto, aconteceu em 1966. Nesse ano, em paralelo com a fábrica, o patriarca da família abriu também uma loja de reparos para produtos de couro, localizada na Rua dos Andradas. Mesmo sem formação na área - “o próprio trabalho nos deu a experiência”, conta a esposa de Fernando, Irene Pereira –,a família conseguiu ser bem-sucedida na nova empreitada. Tudo graças à grande demanda, até então desconhecida, por pequenos reparos como costuras e trocas de alça, por exemplo, e, mais tarde, também por serviços de sapataria.

A atual configuração de rede varejista surgiu apenas em 1985, quando duas senhoras ofereceram a Irene um ponto comercial na mesma Rua dos Andradas. O espaço, onde funciona a loja de maior movimento da Duquesa até hoje, ao lado da Casa de Cultura Mario Quintana, marcou o início da primeira loja especializada em produtos de viagem da região, vendendo tanto os itens próprios, produzidos na fábrica da família, quanto de outras marcas.

Foi o espaço, também, o responsável pela marca utilizada até hoje. A loja de miudezas que funcionava no local, mantida pelas donas anteriores do ponto, chamava-se Duquesa, uma homenagem das duas senhoras que residiam na rua Duque de Caxias, próxima do local. Quando assumiu o ponto, Irene gostou da marca e substituiu a antiga, Margareth, pela nova. “Na época, achei melhor manter o nome da loja das senhoras. Acho que deu certo”, brinca.

Desde lá, muita coisa mudou. A loja de reparos foi fechada em 1998, quando o prédio, muito antigo, não oferecia mais segurança - mesmo fim que teve a fábrica em 2002, após algum tempo causando prejuízo à empresa. “Nessa época, começaram a chegar os produtos da China, com preços muito baixos, e não conseguíamos competir. Poucos clientes procuravam conserto, pois não valia mais a pena economicamente”, conta Pereira. “Fomos reduzindo e, graças a isso, focamos só na linha de artigos de viagem.”

Com o novo posicionamento, a Duquesa consolidou a sua atuação no mercado. Cinco anos depois, em 1990, foi aberta a primeira filial, na rua Andrade Neves e, em 2001, a terceira filial, na praça Dom Feliciano. De 2006 a 2010, uma outra filial na avenida Nilo Peçanha, na zona Norte da cidade, também fez parte da empresa. “Mas o aluguel era muito alto e as vendas não eram muito grandes, não conseguimos manter”, conta Pereira.

Empresa prepara expansão para novas cidades e segmentos

Para os próximos anos, o planejamento das Lojas Duquesa engloba a abertura de novas filiais para além dos limites do município de Porto Alegre. “Projetamos inagurar lojas nas cidades metropolitanas, como Gravataí, Canoas e Cachoeirinha, alguma delas talvez já em 2014”, conta um dos proprietários da empresa, Nelso Pereira. “Contamos com uma consultoria há um ano, que está nos atualizando e nos tirando da zona de conforto.”

A iniciativa se fez necessária, também, pela chegada de concorrentes de outras capitais brasileiras a partir de 2005 em Porto Alegre.  “Desde então, a concorrência ficou muito mais puxada, competindo com grupos grandes, inclusive, e deu para sentir”, afirma Pereira, que lembra de dificuldades maiores para a empresa, como os planos Collor e Real, que foram superados. “Sempre tivemos esperança, alguma ideia nova, buscando oportunidades para contornar essas horas difíceis”, rememora.

Além da expansão física, os proprietários da Duquesa também planejam incluir a venda de calçados nas lojas. Uma primeira experiência com sandálias já foi feita nos últimos verões em forma de teste. “Mas vamos aos pouquinhos, é uma tentativa. Se der resultado, a gente mantém”, afirma Pereira.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Relação com os clientes que frequentam o local há décadas é mantida, diz Gitz
Pé de Meia se adapta às mudanças da moda
Segundo Lumertz, cerca de dois refrigeradores antigos passam pelo conserto por mês
Luzitana é referência em assistência para geladeiras antigas
Braga e Bandeira se especializaram em oferecer variedade de rótulos
Bier Markt cativa os amantes das cervejas artesanais
Manoela, Alexandre, Daniela e Patrícia seguem à risca os ensinamentos do fundador
Freire Imóveis tem prazer em atender