Porto Alegre, sábado, 22 de setembro de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
18°C
28°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0460 4,0480 0,68%
Turismo/SP 4,0100 4,2100 1,17%
Paralelo/SP 4,0200 4,2200 1,17%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
150864
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
150864
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
150864
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Começo de Conversa Fernando Albrecht
fernando.albrecht@jornaldocomercio.com.br

Começo de Conversa

Coluna publicada em 26/11/2013

Mapa separatista

JULIANO JAQUES/DIVULGAÇÃO/JC

Ao sobrevoar o interior do município de São Borja, próximo ao rio Icamaquã, o leitor Juliano Jaques fotografou este capão, que remete ligeiramente ao mapa do Brasil. Curiosamente, a vegetação separou o “Rio Grande do Sul” na geografia arbórea. Talvez a natureza seja separatista como querem muitos gaúchos, ou então é a confirmação da nossa fama de que somos um estado, digamos, meio do contra.

A volta à normalidade

Com cerca de 60 mil associados, o Grêmio Náutico União de Porto Alegre ficou com uma das suas três sedes fechada desde o dia 12, quando houve um princípio de incêndio na sede Alto Petrópolis. Com isso, a sede da Quintino Bocaiúva registrou uma superlotação, situação que voltará ao normal amanhã. A informação é do presidente Francisco Schmidt. Alívio para quem agendou festas de final de ano.

Perda de energia I

Não há dia em que entidades privadas ou empresariais, ONGs e grandes empresas não divulguem iniciativas para ajudar esta ou aquela minoria ou até maiorias esquecidas. Animais, causas ambientais, doenças comuns e outras nem tanto têm um impressionante engajamento da sociedade civil. Fica uma curiosidade, a de saber quanto desse esforço gigantesco realmente chega ao destino final em termos de recursos financeiros. Isso é um despautério.

Perda de energia II

Há anos uma consultoria calculou que, de cada R$ 100,00 arrecadados em impostos federais, apenas R$ 12,00 chegam ao destino final. O que é, definitivamente, uma barbaridade. O resto se perde no caminho por despesas administrativas, custo com intermediários, processos burocráticos e, evidentemente, mecanismos de corrupção. De quanto seria a fatia no caso das iniciativas e dos programas citados acima?

Venceu ou perdeu?

Na avaliação de pessoas próximas ao prefeito Jairo Jorge, ele sai vitorioso da eleição pela presidência estadual do PT. Disputou contra todos os candidatos, que passaram a apoiar Ary Vanazzi, que contou com o apoio da máquina. Em um aspecto, o prefeito de Canoas não pode ser contestado: foi reeleito com ampla maioria e sua gestão é aprovada desde o primeiro mandato.

Perdeu ou venceu?

O PT ortodoxo venceu, fato. O núcleo duro bateu a pugna apesar da escassa diferença. Pelo menos para os militantes, o jeito Jairo Jorge de governar sofre um forte abalo, mesmo sendo bem-sucedido. Como é assunto essencialmente interno, resta saber se isso terá reflexos eleitorais no futuro, bem como se a metade Jairo Jorge do PT vai se conformar com o resultado das urnas.

Guerra de adesivos

RMG/DIVULGAÇÃO/JC

Uma das várias facetas do nosso (mau) comportamento no trânsito pode ser observada nos estacionamentos, especialmente dos shoppings: duas vagas ocupadas por um carro de tão mal estacionado. “Motoristas” assim devem ter apenas uma vaga ideia do que seja manobrar corretamente. Vai daí que, cansado de ver estas barbaridades, pessoas não identificadas estão colando este adesivo nos carros que ocupam duas vagas. A que ponto chegamos. Os conflitos de trânsito acontecem até com os carros parados.

Prêmio Press

Acontece hoje à noite, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, a 14ª edição do Prêmio Press, que destaca profissionais do jornalismo gaúcho. Os vencedores só saberão da premiação na hora. A Homenagem Especial vai para o jornalista Lasier Martins, pelos seus mais de 50 anos de jornalismo.

O outro chapéu

Em referência à nota e à foto em que o vereador Idenir Cecchim (PMDB) criticou o governo Tarso Genro, o líder do PT na Câmara de Porto Alegre, vereador Engenheiro Comassetto, destaca que Cecchim apresentou um chapéu furado nas críticas, mostrando em números as verbas federais recebidas pelos gaúchos, que somarão R$ 73 bilhões até 2014.

Condomínios horizontais


A propósito da multiplicação de condomínios horizontais no Litoral, leitor de Capão da Canoa comenta a situação: “O proprietário do imóvel volta no ano seguinte mesmo que a infraestrutura seja ruim, paga seu IPTU lá mas não vota lá, então por que se preocupar com o que ele está achando?”

Miúdas

  • PROCURADOR do Estado Luiz Fernando Barboza dos Santos é o novo presidente da Apergs.
  • FERNANDA Figueira Tonetto foi eleita presidente da Escola Superior da Magistratura da Apergs.
  • JWT Porto Alegre amplia sua criação com o redator Rodrigo Rocha e o diretor de arte Diego Vieira.
  • CIRURGIÃO plástico Marcelo Maino é o tesoureiro da nova diretoria da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
A paisagem da Praça XV
Há muito tempo que as obras da pavimentação do entorno da Praça XV e da rua José Montaury estão ou paradas ou a passo de tartaruga
Uma valsa na rua
Com a temática “Calma. Você é o trânsito”, a 12ª Campanha Não quero morrer no trânsito promoveu ontem uma ação inusitada
Simulador gaudério
As festividades da Semana Farroupilha já acabaram, mas em Marau, Norte do Estado, o cultivo às nossas tradições permanece e é transmitido para as novas gerações
Sol e vento