Porto Alegre, sexta-feira, 07 de agosto de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
22°C
25°C
13°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
428256
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
428256
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
428256
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
De salto alto Ana Fritsch
anafritsch@jornaldocomercio.com.br

De salto alto

Coluna publicada em 11/11/2013

Luxo cada vez mais democrático

MICHELI KAROLY/DIVULGAÇÃO/JC
“Luxo é transformar o ordinário em extraordinário, o simples em especial”, diz Ferreirinha
“Luxo é transformar o ordinário em extraordinário, o simples em especial”, diz Ferreirinha

A classe C está mudando o consumo de luxo no Brasil. Em 2006, o segmento representava 43% da população brasileira. Estimativas apontam que, em 2020, o percentual subirá para 68%. “A maior parte dos brasileiros terá dinheiro para gastar”, afirma Carlos Ferreirinha, presidente da MCF Consultoria e Conhecimento.

Esses novos consumidores, explica, trarão novos hábitos, novas forças e novas influências de consumo. “Muito cuidado quando você se coloca em posições absolutas. Evite usar os termos jamais, nunca e sempre”, enfatiza o especialista em mercado de luxo.

Ele esteve em Porto Alegre, no final de outubro, para ministrar o curso O Negócio do Luxo, a convite das empresárias Ana Alice Soares e Iva Cardinal.

Durante o workshop, Ferreirinha abordou o luxo como estratégia de negócio, vantagem competitiva e diferenciação. “Qualquer segmento pode aprender com o mercado do luxo. Toda empresa pode se beneficiar dele como fator de diferenciação”, diz. E completa: “O Brasil não é mais somente São Paulo”.

O que é fundamental no mercado de luxo?

  • Qualidade
  • Exclusividade
  • Excelência
  • Atemporalidade
  • Padronização
  • Experiência
  • Atendimento
  • Obsessão por detalhes

O maior desafio das empresas hoje

  • Crescer
  • Expandir-se
  • Faturar
  • Dar mais lucro

...mas continuar sendo percebida como exclusiva

Leis da sofisticação

  • Saiba o que realmente faz sua marca ser especial
  • Não importa o que faça, faça melhor
  • Crie uma identidade
  • Sempre lidere, jamais siga
  • Crie experiências
  • Infle a marca
  • Divirta-se

Ferreirinha fala sobre alguns setores da economia:

  • Decoração: “O Brasil está muito bem. A força do arquiteto e do decorador no País é muito grande. Há núcleos de decoração espalhados por todo o território nacional.”
  • Calçados: “É onde o Brasil vem se destacando. Ele copiava; hoje, os designers e as empresas são exemplo em todo o mundo, principalmente em acessórios como bolsas. As marcas internacionais entram no mercado brasileiro e competem de igual para igual com muitas grifes.”
  • Área gastronômica: “Dos 50 restaurantes mais importantes da América Latina, entre oito e dez são brasileiros. É um dos segmentos autorais e genuínos mais importantes no Brasil.”
  • Automotivo: “O Brasil é a estrela do mundo no setor automobilístico. Audi, BMW e Mercedes Benz já anunciaram que começarão a produzir em território nacional.”
  • Agências de viagem: “A inteligência competitiva nas agências é a personalização e a customização. Não entendo detalhe por talento, entendo por neurose. É um exercício necessário para a diferenciação.”
  • Beleza: “Qualquer movimento, direta ou indiretamente, na área de beleza é positivo. O Brasil é o terceiro maior consumidor de beleza do planeta. Deve finalizar 2014 como o segundo maior.”

Tendências: as cores de 2014


SUVINIL /DIVULGAÇÃO/JC

O azul curaçau blue é a cor de 2014 para a Suvinil, segundo sua pesquisa anual de tendências. A tonalidade do tom traz sentimentos de compreensão e pertencimento, explica a designer de cores, Ana Kreutzer.

Foram selecionadas 33 cores para 2014, divididas em três temas: Elementar (resgate da simplicidade), Plural (fortalecimento da identidade pessoal), e Pulsante (experimentação e ousadia). “Na sala, vale apostar em objetos como uma poltrona macia”, diz Ana.

COMENTÁRIOS
FATIMA - 16/02/2014 - 08h17
ACHEI ESSA MATERIA MUITO IMPORTANTE, GOSTARIA DE CONTINUAR RECEBENDO. OBRIGADA.

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Encontro para fazer negócios Como se posicionar nas redes sociais Audácia e ousadia para exportar Da telefonia para a moda