Porto Alegre, sexta-feira, 18 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
22°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1140 4,1160 1,34%
Turismo/SP 4,1000 4,3520 0,36%
Paralelo/SP 4,1100 4,3400 0,45%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
212930
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
212930
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
212930
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

TRIBUTOS Notícia da edição impressa de 27/06/2013

Walmart estreia NFC-e em supermercados

Informação fiscal vai direto à Sefaz; consumidor pode acessar tíquete pela internet por meio de código de barras
FREDY VIEIRA/JC
Tonollier diz que nota eletrônica eleva formalização de atividades
Tonollier diz que nota eletrônica eleva formalização de atividades

Uma das bandeiras da rede Walmart é a de que ontem se tornou a primeira a adotar a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) em supermercados no País. A loja do Maxxi Atacado, na zona Norte de Porto Alegre, começou a usar a NFC-e como piloto. O novo sistema possibilita que as informações fiscais da compra de produtos sejam remetidas diretamente para a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), eliminando a operação da máquina de cupom fiscal e simplificando o repasse de dados tributários.

Para consumidores, a novidade é o uso do chamado QR code, código de barras bidimensional que pode ser escaneado por celular para acessar a informação. O secretário da Fazenda, Odir Tonollier, destacou que as pessoas poderão conferir a nota diretamente no site do órgão. A pasta enquadra a solução como mais um dos itens para elevar a formalização das atividades. “Vai se transformar em uma onda. Quem não emitir nota fiscal vai acabar sendo ‘visado’ como sonegador pelo próprio consumidor”, acrescentou o titular da Fazenda. Ao dar a largada na rede norte-americana, o governo espera motivar mais setores a aderir.

O registro da compra no caixa segue o mesmo tempo de procedimentos normais, que usam o cupom fiscal. Ao efetivar a transação, o cliente visualiza a nota na tela do check-out, com o QR code. Ao aproximar o smartphone da tela, o consumidor pode verificar que a NFC-e já está no sistema da Sefaz. O diretor nacional de Relações Institucionais do Walmart, Carlos Ely, considera que o piloto deve rapidamente ser levado a outras lojas da marca. No Estado, são 12 pontos. Ely projeta que a companhia poderá tentar implantar a NFC-e em São Paulo. “Se projeto funciona bem aqui, os demais acabam seguindo”, disse o diretor do Walmart, referindo-se a concorrentes. Para a rede, a eliminação do cupom fiscal simplificará a prestação de  informações ao fisco.

Ely associou a mudança a uma lenta e gradativa escalada para tornar menos burocrática a operação tributária. “Não conseguimos a reforma tributária, mas simplificam-se os processos”, definiu o diretor da companhia. Desde 2011, a empresa trabalhava na solução. O grupo já usa o sistema baseado em QR code nas lojas do Chile. O Brasil será o segundo país com filiais do Walmart com a nota fiscal eletrônica ao consumidor. A emissão da NFC-e pelo setor varejista nas vendas ao consumidor final substitui a utilização de equipamento dedicado exclusivamente a esse fim.

Ao fazer uma compra, o consumidor receberá uma nota fiscal eletrônica, contendo chave de acesso com dígitos, a qual pode ser consultada no site da Sefaz. O subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, ressaltou que o Estado larga na frente ao permitir a utilização da NFC-e nas operações de venda a varejo. O sistema, segundo ele, gera modernização e redução de custos. O foco principal é fechar portas para a sonegação fiscal. “É um processo mais simples. Permite que, no momento da emissão da nota, ela já seja autorizada em tempo real com a Fazenda.

Novo Hamburgo alerta para obrigatoriedade a partir de julho

A partir do dia 1 de julho de 2013, as empresas prestadoras de serviço de Novo Hamburgo deverão utilizar apenas a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e), disponibilizada pelo município. Com essa nova regulamentação, prevista pelos decretos 5.627/2013 e 5.787/2013, os contribuintes não terão mais autorização para a emissão da Nota Fiscal Eletrônica Estadual conjunta nem da nota física. Os microempreendedores individuais (MEIs) poderão seguir com a nota fiscal física. Sua adesão ao novo serviço é opcional. O software adotado é fornecido pela empresa Nota Control e segue o padrão utilizado pela Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf).

COMENTÁRIOS
celio - 07/08/2013 - 08h17
Pena dos pequenos comércios que não nem condiçoes de pagar uma conta de telefone, e aqueles consumidores que não possuem nem o celular mais simples. Acho que o Brasileiro esta se esquecendo do próximo, que não consegue ser incluso na sociedade, e principalmente entender de tecnologia..... é como diz....acorda BRASIL. Infelizmente nossa população é muito carente de ensinamentos...vejo gente tentando descobrir o que é um smartphone agora ate o consumidor ser lesado com essa nfce, muita gente não vai entender.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Aumento do ICMS é alvo de críticas
Alta do tributo não resolve problemas estruturais do Estado, dizem empresários e consumidores
Ministro fez declaração após participar de fórum promovido pela OAB
Levy diz que manutenção dos vetos evita a criação de novos impostos
Sem crescimento, não é possível atender a demandas sociais, diz Gerdau
Entre governadores, Gerdau critica alta de impostos
PEC propõe CPMF de 0,20% até 2019 e Cunha vê chance ‘zero’ de votação este ano
A PEC define que a arrecadação da contribuição será destinada ao custeio da Previdência Social e não integrará a base de cálculo da Receita Corrente Líquida