Porto Alegre, quinta-feira, 17 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
27°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1650 4,1670 0,24%
Turismo/SP 4,0900 4,3400 0,68%
Paralelo/SP 4,1000 4,3300 0,68%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
203507
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
203507
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
203507
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Histórias do Comércio e dos Serviços Notícia da edição impressa de 29/04/2013

Lojas Tabajara aposta no atendimento para se manter viva

Mayara Bacelar

Jonathan Heckler/jc
Empresa possui quatro unidades em Porto Alegre
Empresa possui quatro unidades em Porto Alegre

Um dos mais tradicionais estabelecimentos de moda feminina de Porto Alegre, a Lojas Tabajara teve sua trajetória iniciada no longínquo ano de 1947, quando sequer era um negócio do comércio.  O escritório, na época localizado na rua dos Andradas, permaneceu, até o ano seguinte, focado no fornecimento de tecidos a outras companhias, quando, finalmente, entrou em operação a Modas Tabajara, antiga razão social da empresa, sob o comando do alemão Israel Cutin.

Aberta até hoje e em pleno funcionamento na avenida Borges de Medeiros, com o empenho de agregar os novos aspectos do mercado às lojas, a Tabajara somente foi para as mãos da família Navaux  - atual detentora – em 1953, quando Cutin retornou ao seu país de origem. Foi então que a marca começou a ganhar características marcantes para sobreviver ao mercado e ao tempo. Hoje, a empresa mantém quatro unidades em Porto Alegre: na avenida Borges de Medeiros, no Shopping Praia de Belas, Moinhos Shopping e na avenida Ramiro Barcelos.

Herdeira da administração da loja, Patricia Navaux explica que a família sempre teve vínculo com o comércio de vestuário. Seu avô, o belga Joseph Navaux, passou boa parte da vida trabalhando em lojas de roupas na Inglaterra, até que, ao lado da mulher e do filho, rumou ao Rio de Janeiro, a fim de trabalhar em uma grande loja de departamento na então capital federal. Algum tempo depois, já em Porto Alegre, viu a oportunidade de ingressar no comércio através da Tabajara. “No Rio de Janeiro, meu avô e minha avó, Mariette, conheceram quem seria o futuro sócio deles. Entre 1953 e 1958, eles trabalhavam sozinhos na Tabajara, sem folga ou férias. Então convidaram o senhor Alberto Zielinsky para ser sócio da empresa, situação que permaneceu até 1990, quando assumimos novamente toda a empresa”, contextualiza a empresária.

A entrada de Zielinsky na empresa foi fundamental para o início de sua expansão. Com o capital agregado pelo sócio, foi possível a abertura da segunda unidade da loja. Na década de 1970, outro passo importante foi dado: a contratação de um comprador carioca que, antenado às tendências de moda, ajudou a revigorar a imagem e os produtos da Tabajara perante o público. A loja, aliás, já havia inovado, sendo a primeira da Capital a vender calças compridas femininas (na época chamadas de slack), bem como foi pioneira em realizar desfiles dentro do estabelecimento para mostrar as coleções às clientes.

O cuidado em oferecer atendimento personalizado é considerado por Patricia um dos maiores segredos para consolidação e manutenção da Tabajara no mercado gaúcho. De acordo com a empresária, no início esse era um processo natural, já que os proprietários atendiam diretamente as clientes. “Não foi uma coisa planejada no começo, meus avós atendiam com simpatia, educação e os clientes foram voltando, demonstrando que valorizavam esse tipo de postura, então percebemos que era um diferencial e pensamos em desenvolver isso”, alega.  Entre as estratégias, está o bom relacionamento com os colaboradores, num processo que estimula a criação de identificação entre clientes e vendedores.

Patricia explica que muitos dos funcionários têm uma longa trajetória dentro da loja, criando uma relação loja-cliente muito mais próxima. Dentro dessa perspectiva, a ideia da Tabajara é traçar caminho contínuo de melhorias no atendimento. “Um bom atendimento cativa o cliente, então, uma das coisas que estão no nosso foco é exatamente desenvolver o nosso público interno para atender cada vez melhor nosso público externo”, destaca.

Gestão e tecnologias para melhor atuar

No universo das empresas familiares, trabalho e relacionamentos pessoais são compartilhados no mesmo ambiente. Entre os desafios dessa dinâmica, está a capacidade de aprender com os próprios erros e qualificar a gestão do empreendimento. Essa é a opinião da administradora da Lojas Tabajara, Patrícia Navaux, que sucedeu o pai e hoje toca os negócios ao lado da irmã. A empresária conhece a sentença na própria pele. Entre as décadas de 1980 e 1990, a Tabajara empreendeu a abertura de algumas lojas, como a de Novo Hamburgo, estratégia que não se consolidou. A empresa refez seus planos, dessa vez com o aval de duas herdeiras qualificadas pela faculdade de administração, o que ajudou a profissionalizar a gestão com a adoção de controle sobre todas as áreas da operação.

Patricia explica, também, que a companhia optou por distribuir as lojas entre shoppings e ruas de Porto Alegre, já que esse era o mercado que melhor se adaptou ao modelo de negócios. Além disso, a companhia conta cada vez mais com a tecnologia, que vem auxiliando em um melhor andamento do processo de compras e escolha das coleções comercializadas.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Relação com os clientes que frequentam o local há décadas é mantida, diz Gitz
Pé de Meia se adapta às mudanças da moda
Segundo Lumertz, cerca de dois refrigeradores antigos passam pelo conserto por mês
Luzitana é referência em assistência para geladeiras antigas
Braga e Bandeira se especializaram em oferecer variedade de rótulos
Bier Markt cativa os amantes das cervejas artesanais
Manoela, Alexandre, Daniela e Patrícia seguem à risca os ensinamentos do fundador
Freire Imóveis tem prazer em atender