Porto Alegre, terça-feira, 17 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
23°C
9°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0880 4,0900 0,04%
Turismo/SP 4,0400 4,2800 0,94%
Paralelo/SP 4,0500 4,2900 0,94%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
667241
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
667241
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
667241
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

TELECOMUNICAÇÕES Notícia da edição impressa de 27/03/2013

Porto Alegre ganha rede de referência em banda larga

Marcelo Beledeli

MARCO QUINTANA/JC
Bernardo e Tarso inauguram rede de referência em banda larga no País
Bernardo e Tarso inauguram rede de referência em banda larga no País

Porto Alegre é a sede do primeiro laboratório de telecomunicações da Telebras no Brasil. Foi inaugurada oficialmente ontem a Telebras Tecnologia, projeto que é resultado da parceria entre a Pucrs e a estatal. A unidade, localizada no parque tecnológico da universidade (Tecnopuc), servirá para certificar equipamentos e testar tecnologias de acesso à internet banda larga sem utilizar a rede existente da Telebras.

O espaço foi inaugurado pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que destacou que a Telebras Tecnologia terá três funções principais: teste de redes, homologação de equipamentos e apoio a pesquisas em telecomunicações. No local, roteadores, switches, rádios, bastidores de emenda e conexão ópticos, além de outros equipamentos que medem as condições de tráfego de dados, serão testados por funcionários da estatal e pesquisadores da Pucrs, além de empresas parceiras. “Estamos resgatando funções que a antiga Telebras exercia, dentro do nosso planejamento de expansão do uso da banda larga no País”, explicou.

De acordo com o presidente da Telebras, Caio Bonilha, o espaço recebeu mais de R$ 4 milhões em investimentos para infraestrutura e equipamentos. Mais recursos deverão ser aplicados em pesquisa e desenvolvimento de produtos, especialmente para facilitar o uso da banda larga entre a população de baixa renda.

Bonilha informou que a escolha do Tecnopuc para sediar a Telebras Tecnologia deve-se às condições excelentes oferecidas pelo espaço. “Existe aqui um cluster tecnológico importante, e muitos de nossos fornecedores estão aqui. Mas pretendemos ter vários centros no Brasil, dentro de uma política de descentralização da companhia.”

Segundo o pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento da Pucrs, Jorge Audy, esse é o principal projeto envolvendo as telecomunicações no Brasil. Já existem diversas empresas e instituições interessadas no uso do laboratório para desenvolvimento de produtos. “Temos a Digicom, a Digitel e a própria Ufrgs propondo parcerias, temos um leque bastante grande de opções que tende a crescer”, disse Audy.

O governador Tarso Genro, presente no evento, destacou as mudanças oriundas da globalização e a forte influência da ciência e da tecnologia na sociedade moderna. “É importante lembrar que o desenvolvimento global deve estar articulado com o regional”, disse.

Prefeitura e União terão ação na área de telefonia

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, encontrou-se ontem com o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, para discutir os problemas da telefonia móvel na Capital gaúcha e a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras.

Bernardo colocou o Ministério das Comunicações à disposição da prefeitura para a troca de informações sobre estudos de impacto das antenas de telecomunicações e novos dispositivos que podem ser usados na transmissão do sinal.

Fortunati destacou que a legislação municipal é bastante restritiva e que mudanças na lei também devem ser estudadas. O prefeito garantiu ao ministro que seriam abertos diálogos com a Câmara de Vereadores, além da realização de audiências públicas para discutir a legislação vigente.

Projeto do PNBL deve estar pronto até o segundo semestre

As bases de implantação da segunda fase do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) devem ser anunciadas até o segundo semestre deste ano. A informação foi confirmada ontem pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, durante a inauguração do laboratório Telebras Tecnologia.

Conforme Bernardo, atualmente 40% dos 60 milhões de domicílios brasileiros possuem acesso à banda larga. O objetivo do governo, com a segunda fase do PNBL, é garantir que 90% das residências tenham acesso à internet de alta velocidade em até cinco anos. “Se deixarmos isso apenas a cargo do mercado, devemos alcançar 50% até o final de 2014. Queremos fazer uma intervenção para acelerar esse processo.”

O ministro acredita que os recursos necessários para a universalização da banda larga chegariam a R$ 100 bilhões. A primeira parte desse montante será incluída no orçamento da União de 2014. No entanto, o governo federal custearia apenas a infraestrutura básica, que cabe à Telebras e à Rede Nacional de Pesquisa. Parte dos investimentos necessários seria assumido pela iniciativa privada, que contaria com financiamentos do Bndes. 

Para atingir a universalização, segundo Bernardo, o Brasil necessitaria instalar 30 milhões de quilômetros de fibra ótica. Atualmente, o País possui em torno de 20 mil quilômetros nas chamadas backbones – como são conhecidas as grandes redes de internet banda larga, que hoje atendem a duas mil cidades brasileiras.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Xiaomi firma parceria e venderá aparelhos nas lojas da Vivo
Brasil é o primeiro mercado ocidental onde a Xiaomi opera
Telefônica/Vivo anuncia reestruturação societária, após concluir compra da GVT
A união dos serviços de telecomunicação ocorrerá, por meio de operações de incorporação e cisão total
TIM confirma investimentos no Brasil
O presidente-executivo da Telecom Italia, Marco Patuano, confirmou nesta segunda-feira (21) o plano de investimentos para a controlada brasileira TIM, apesar da situação política e econômica do Brasil
Apenas 39 emissoras de rádios AM estão em condições de migrarem à FM
A expectativa do governo é que 200 estejam habilitadas até novembro, quando começa o processo de migração