Porto Alegre, quinta-feira, 28 de outubro de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
200812
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
200812
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
200812
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Observador Affonso Ritter
[email protected]

Observador

Coluna publicada em 25/03/2013

A guerra fiscal perversa

A guerra fiscal do ICMS é um mecanismo perverso, pois confere de forma ilegal diferentes condições de concorrência entre as empresas e não privilegia os estados mais eficientes na gestão dos recursos públicos, segundo o presidente da Fecomércio-RS, Zildo De Marchi, ao comentar o andamento do tema no Senado. De Marchi destaca, inclusive, manifestação recente do ministro Guido Mantega, que frisou haver uma grande incerteza jurídica, porque a guerra fiscal vem sendo questionada junto ao STF por subsídios concedidos pelos estados. Como não bastasse, temos que ter ainda muita atenção ao “fantasma” dos “Fundos de Compensação”, que não raro deslocam recursos sem critérios constitucionalmente válidos, concluiu De Marchi.

Saltos do Badesul

O Badesul vem dando verdadeiros saltos na gestão atual, liderada por Marcelo Lopes. Nos primeiros dois meses de 2012, o banco financiou R$ 86 milhões e, nos dois meses deste ano, R$ 220 milhões, atingindo R$ 320 milhões em 15 de março. A diretoria atual assumiu o banco com um saldo de R$ 1,6 bilhão que agora está perto de R$ 2,5 bilhões. 

Loja dentro de outra

A Varal inaugura esta semana, no CenterLar de Porto Alegre, seu quinto ponto de venda e já anuncia um novo, em local a ser ainda definido. Esta quinta loja, de 152 metros quadrados, faz parte da estratégia de atender ao extremo Norte da Capital e cidades vizinhas, e com ela a empresa pretende aumentar em 16% seu faturamento de 2013. 

Expansão da rede

A Agiplan, de Porto Alegre, acaba de abrir novas lojas - uma no Tocantins e outra na cidade de São Paulo - na estratégia de duplicar para 200 seus pontos de venda no País. Há 14 anos no mercado, possui um milhão de clientes nos 26 estados brasileiros e Distrito Federal, e sua meta é crescer 40% este ano na concessão de crédito.

Estaleiro Cimitarra

O estaleiro gaúcho Cimitarra acaba de inaugurar um novo galpão de 2 mil metros quadrados em Vera Cruz e está treinando 48 novos funcionários para a produção de seu modelo Cimitarra 340, a lancha de maior sucesso de vendas, segundo a gerente de marketing, Marthina Ko Freitag. O estaleiro participa, entre 25 de abril e 1 de maio, do 16º Rio Boat Show, maior salão náutico da América Latina.

Fiergs prepara missão a Hannover

A Fiergs é mais uma vez a entidade responsável de organizar em nome da Confederação Nacional da Indústria, a missão de empresários à Feira Industrial, de Hannover, marcada este ano para 8 a 12 de abril. E já sobem para mais de 110 os participantes, sendo a maioria maciça de gaúchos. O país parceiro da feira é a Rússia, como em 2012 foi a China. Na verdade, são 11 feiras dentro de uma, que têm como destaques a automação industrial, energia, vento, a indústria digital, mobilidade e tecnologia verde. Serão 6,8 mil expositores, de 70 países, e a expectativa de público é de 240 mil visitantes, dos quais 60 mil do exterior.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
O memorial do IAB gaúcho
O Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB RS) pretende resgatar a memória da arquitetura e urbanismo gaúchos
Melhorias na ferrovia gaúcha
A ALL- América Latina Logística pretende investir, este ano, R$ 10 milhões em via permanente no Estado
Justiça quase sem papel
A Justiça Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre, continuou, neste ano, o protagonismo na informatização de suas atividades
Muito mais com menos