Porto Alegre, sexta-feira, 13 de dezembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
31°C
33°C
17°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0920 4,0940 0,67%
Turismo/SP 4,0800 4,3220 0,13%
Paralelo/SP 4,0900 4,3100 0,23%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
178046
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
178046
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
178046
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Estradas Notícia da edição impressa de 09/01/2013

Governo tem até março para decidir sobre ERS-010

CDM entregou novo estudo que viabiliza a construção da estrada
MARCOS NAGELSTEIN/JC
Jairo Jorge (d) apresentou nova proposta sobre desapropriações
Jairo Jorge (d) apresentou nova proposta sobre desapropriações

O próximo capítulo da novela da construção da Rodovia do Progresso (ERS-010) está marcado para março, quando o governador Tarso Genro decidirá se a rodovia será finalmente construída ou não. Ontem, o Conselho Deliberativo Metropolitano (CDM) entregou ao chefe de gabinete da Secretaria de Planejamento, Pedro Henrique Correia – já que o secretário João Motta não compareceu ao ato solene –, o estudo com explicações e alternativas aos cinco itens contestados pelo governo gaúcho no ano passado.

A nova proposta, apresentada pelo presidente da CDM e prefeito de Canoas, Jairo Jorge, prevê que a iniciativa privada assuma os itens que o governo estadual havia considerado como “de risco”. Segundo ele, as estimativas iniciais do governo gaúcho apontavam gastos na ordem de R$ 80 milhões com as desapropriações. As pesquisas realizadas pela Odebrecht – responsável pelo estudo de viabilidade e vencedora da licitação – estimaram em R$ 156 milhões os custos para desapropriar as áreas para a construção da Rodovia do Progresso.

“A preocupação do governo de que esses valores podem estar subestimados pode ser resolvida repassando essa exigência para o empreendedor e dando ao Estado 20 anos para pagar a quantia, em parcelas de R$ 7 milhões ao ano. Além disso, a empresa que construir e administrar a ERS-010 ficará responsável pela remoção e acomodação das famílias. O setor privado terá mais agilidade e celeridade nas desapropriações, e custo menor”, explicou Jairo Jorge. Com essa alternativa, a contrapartida anual de R$ 75 milhões passaria para R$ 82 milhões.

“Faz mais de três décadas que existem estudos para viabilizar essa rodovia. Nós encontramos solução para todos os cinco pontos. Agora cabe ao governador tomar uma decisão”, avaliou o secretário estadual de Obras, Luiz Carlos Busato.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Movimento na BR-290, a freeway, foi intenso no retorno do feriadão
Retorno de feriado movimenta rodovias no Rio Grande do Sul
Previsão é de que inauguração da estrutura ocorra no dia 30 de junho
Ponte de Laguna está 99% concluída, afirma Dnit
Número de mortes nas estradas federais caiu 25% no feriadão
O estado que registrou o maior número de mortes foi Minas Gerais, com 18 óbitos registrados
No pedágios de Gravataí, o movimento segue normal, sem filas
Movimento ainda é tranquilo nas estradas rumo às praias gaúchas