Porto Alegre, segunda-feira, 16 de dezembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
28°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1070 4,1090 0,36%
Turismo/SP 4,0400 4,2900 0,74%
Paralelo/SP 4,0500 4,2800 0,69%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
111752
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
111752
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
111752
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Repórter Brasília Edgar Lisboa
edgarlisboa@jornaldocomercio.com.br

Repórter Brasília

Coluna publicada em 09/01/2013

Produtos gaúchos contaminados

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou o resultado dos “Programas Nacionais de Controle de Resíduos e Contaminantes”. No Rio Grande do Sul, o campeão de contaminação em 2012 foi o pêssego. Das sete amostras de pêssego colhidas no Estado pelos técnicos do governo, apenas duas não continham níveis acima dos permitidos de substâncias proibidas, como, por exemplo, fungicidas (carbendazim, piraclostrobina), inseticidas (clorpirifós, lambda-cialotrina) e acaricidas (dimetoato, piridabem). Os outros produtos gaúchos com maior percentual de contaminação foram: morango (50%), pimentão (25%), uva (25%) e maçã (2%).

Semana de Combate à Obesidade

O deputado federal Alexandre Roso (PSB) aguarda a aprovação do seu projeto de lei que cria a Semana Nacional de Combate à Obesidade Infantil. “O País está cada vez mais gordo, pesado, sedentário e à mercê de comidas prontas e saturadas. O resultado são hospitais lotados de pessoas com problemas cardíacos, do aparelho digestivo, além de todas as complicações circulatórias e de locomoção”, explica o parlamentar. “Já basta a carga psicológica negativa que as pessoas obesas enfrentam”, completa. Roso lembra que, em 2012, realizou audiência pública mostrando “a urgência de se colocar o assunto em pauta”.

Preservação das águas

A Agência Nacional de Águas (ANA) divulgou os vencedores da quarta edição do seu prêmio governamental. Na categoria Ensino, a Universidade de Caxias do Sul foi premiada pela iniciativa “Lagoas Costeiras II”. Já na categoria de Organizações Não Governamentais (ONGs), o Instituto Sócio Ambiental Vida Verde (EloVerde) foi premiado pela revitalização dos rios de Erechim.

Combustível social

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) renovou a concessão de uso do Selo Combustível Social de oito unidades produtoras de biodiesel no Brasil. Entre estas oito, três são gaúchas: Oleoplan (Veranópolis), Granol (Cachoeira do Sul) e BSBios (Passo Fundo). As empresas que possuem o Selo Combustível Social adquirem matéria-prima da agricultura familiar e têm diferenciação no pagamento de tributos como PIS/Pasep e Cofins.

COMENTÁRIOS
PauloAG - 09/01/2013 - 09h40
PRODUTOS CONTAMINADOS: Será que esses agricultores pagariam para comer um bife envenenado? O estranho é que os deputados das bancadas ruralistas nunca falam dessa irresponsabilidade, só reividicam verbas e mais facilidades. A agropecuária é uma atividade de alto risco, exige tecnologia e vontade de trabalhar duro, mas agricultores irresponsáveis deveriam ser excluídos do mercado. Vou excluir esses produtos da minha lista de consumo. Façam o mesmo!

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Golpe e corrupção
A sessão desta quinta-feira na Câmara deverá ser marcada principalmente por duas palavras: golpista e corrupto
Depósitos judiciais
Está sendo discutido no Supremo Tribunal Federal (STF) o uso de depósitos judiciais para pagar despesas públicas
Estatuto do Desarmamento
A comissão especial que trata do projeto de lei que revoga o Estatuto do Desarmamento deve votar o relatório do deputado Laudívio Carvalho (PMDB-MG) hoje
Brasil chinês
A Câmara dos Deputados aprovou a urgência na tramitação do projeto de lei que regula a compra de terras brasileiras por estrangeiros