Porto Alegre, quarta-feira, 11 de dezembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
35°C
23°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1470 4,1490 0,41%
Turismo/SP 4,1000 4,3480 0,18%
Paralelo/SP 4,1100 4,3400 0,23%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
349576
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
349576
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
349576
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

artigo Notícia da edição impressa de 09/01/2013

Uma nova associação voltada à inovação

Robinson Klein

Inovar é correr riscos. Se já soubermos o resultado final, não é inovação. Também ninguém inova sozinho, precisamos somar ideias para ultrapassar nossos horizontes. Assumi a presidência da Assespro-RS com a responsabilidade de, junto com os demais membros da diretoria, liderar e representar um setor em que a importância não está no número de empresas, nem de empregos que gera, mas na revolução que causa em todas as demais áreas. A Tecnologia da Informação (TI) é responsável por tornar viável que todas as demais empresas e organizações se mantenham competitivas, garantindo sua sobrevivência e os empregos que movem a economia. Hoje, sem TI não se faz uma ligação telefônica, não se acessa o banco, nem se emite uma nota fiscal, ou seja, perdemos o acesso à informação. A TI ainda diverge das atividades econômicas tradicionais onde a demanda é limitada.

A tecnologia não tem fronteiras. Evolui e, quanto mais as organizações a utilizam, mais ganham em eficácia e produtividade. É um modelo ganha-ganha. É a indústria jovem, moderna, não poluente, portadora de futuro, produtora de conhecimento, geradora de alto valor agregado. É onde se concentra a maioria das grandes inovações, uma das que melhor remunera. É ela que democratiza a informação, que melhora a distribuição da riqueza. Mas, se nosso setor tem tal importância estratégica, pergunto a todos aqueles que têm o poder da decisão: por que não é esta a matriz econômica de nossa região? Essa é a principal meta da minha gestão, trabalhar por uma política efetiva de apoio ao desenvolvimento do setor, por profissionais qualificados, por uma lei de incentivo ao software que permita agregar valor e exportar conhecimento, reduzindo assim nossa dependência econômica, entre tantas outras importantes demandas. Por anos temos trabalhado esses assuntos, mas infelizmente pouco foi resolvido. Conhecemos nossos limites e competências, porém, é este o momento de conclamar a associação dos empresários de TI. A indústria da TI brasileira tem crescido mais do que o dobro do PIB nacional, com mercado de US$ 112 bilhões. Representando 4,5% do PIB, é o sétimo maior mercado mundial de TI e deve se tornar o quinto em 10 anos.

Presidente da Assespro-RS

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Acorda, Brasil
A maré da indignação nacional, por força de suas vertentes naturais, rompeu os diques da tolerância popular e se espraiou com a violência de um tufão
O Dia Mundial do Turismo no Rio Grande
Domingo, dia 27 de setembro, será comemorado o "Dia Mundial do Turismo no Rio Grande do Sul"
Dilma: pague a compensação da Lei Kandir
Aprovada em 1996, a lei federal isenta o ICMS de produtos e serviços para exportação
Fusões & Aquisições, oportunidade e risco
Quatro vezes um é igual a um! Essa é ainda a matemática feita pelo investidor estrangeiro em relação ao Brasil