Porto Alegre, domingo, 22 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
22°C
8°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1510 4,1530 0,26%
Turismo/SP 4,1200 4,3600 0,69%
Paralelo/SP 4,1300 4,3700 0,69%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
769248
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
769248
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
769248
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

artigo Notícia da edição impressa de 28/12/2012

Ano-novo

Ana Cecília Romeu

O ano velho anunciou que está indo embora, pobre senhor cansado, ficou ultrapassado e caduco em apenas trezentos e sessenta e cinco dias, como pode isso? A passagem de bastão do ano velho para o nosso bebê mais novo, apesar de ser uma sequência, nos oferece uma oportunidade de novos planos, reformulações e mudanças. É como um recomeçar simbólico, de um 31 de dezembro em 1 de janeiro de qualquer nova etapa. Imaginem se pudéssemos reiniciar tudo, e editar nossa vida assim: tirando o ruim; acrescentando cenas boas em nosso roteiro; e coisas que foram interessantes, transformá-las em momentos brilhantes.

Creio que exista um primeiro de ano dentro de cada um, a partir do momento em que estejamos dispostos a isso. Aquela oportunidade que nem sempre está ao alcance de nossa compreensão, mas ao alcance de nossas tentativas. E é isso que pode nos proporcionar um ano-novo, aquela sensação de um recomeço, de que podemos nos aprimorar nas coisas, nos relacionamentos, no nosso ofício. Uma ideia de evolução, porque, na verdade, viver é evoluir. Nunca se caminha para trás, mesmo que pareça que estejamos lomba a baixo.

A vida é uma sequência de dias, meses, anos. O tempo não volta, mas se refaz, se descortina em novas caminhadas ou até atalhos, se conseguirmos ter o discernimento de rever caminhos trilhados e a humildade de convertê-los em chão mais fácil de pisar. Nem sempre as pedras são dispensáveis ou o oásis uma simples miragem. Novo ano, oportunidade de aprendermos a trocar fraldas, nos deliciarmos com a mamadeira, sorrir sem motivo aparente, chorar se for preciso. Porque as horas nos acompanham, e os dias crescem conosco, como fiéis companheiros de lar, é quando aprendemos a caminhar e falar. Um novo ano com sabor de recomeço, mas certeza de episódios em sequência, numa bela dose de vida marcada em compasso de segundos: de uma simples e natural evolução.

Publicitária e escritora

COMENTÁRIOS
Jacques - 28/12/2012 - 16h12
Olá, Ana. Mais um ótimo e reflexivo texto; o calendário nos lembra que, não importa o que façamos, os ciclos muito maiores do que nós sempre existirão além de nossa vontade, o que é uma maneira da Natureza nos dizer que sempre poderemos aprender com eles. Abraço e bom ano novo pra ti.


Luciana Santa Rita -
28/12/2012 - 16h32
Oi Ana, Não sou de elaborar uma folha com uma lista de objetivos para um novo ano, pois penso que se pode esquecer em uma bolsa. Todavia acredito na magia de um novo ano e na esperança que reaquece o nosso coração. Parabéns pelo texto e feliz ano novo. Luciana


Mateus -
28/12/2012 - 17h08
Bela crônica, Ana Cecília. E um fato muito importante que você mencionou: devemos estar dispostos a mudar, a melhorar. Bom, se não estivermos, o ano passa mas continua o mesmo. Grande Abraço


Nani Oliveira -
28/12/2012 - 18h57
Que o 2013 seja tão bom e próspero quanto o 2012 que se vai.E que na virada eu deixei ir junto,algumas mágoas,dores,dissabores,tristezas que estão comigo,que pesam,que me incomodam.Que eu aprenda que confiar,acreditar,apostar,esperar lealdade dos outros,pode nos decepcionar.


adriene -
29/12/2012 - 11h23
Só gostaria que em 2013 podessemos sair tranquilos nas ruas e não sermos alvos da violência !!!!!!

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Acorda, Brasil
A maré da indignação nacional, por força de suas vertentes naturais, rompeu os diques da tolerância popular e se espraiou com a violência de um tufão
O Dia Mundial do Turismo no Rio Grande
Domingo, dia 27 de setembro, será comemorado o "Dia Mundial do Turismo no Rio Grande do Sul"
Dilma: pague a compensação da Lei Kandir
Aprovada em 1996, a lei federal isenta o ICMS de produtos e serviços para exportação
Fusões & Aquisições, oportunidade e risco
Quatro vezes um é igual a um! Essa é ainda a matemática feita pelo investidor estrangeiro em relação ao Brasil