Porto Alegre, quarta-feira, 23 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
27°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0340 4,0360 0,98%
Turismo/SP 4,0280 4,2760 0%
Paralelo/SP 4,0500 4,2700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
143551
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
143551
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
143551
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Avaliação Notícia da edição impressa de 28/12/2012

Onix, o trabalho bem feito da GM

A General Motors do Brasil “acerta a mão” com o Chevrolet Onix. O compacto agrada no design, no desempenho e na tecnologia
GENERAL MOTORS/DIVULGAÇÃO/JC

Criticada, nos últimos anos, por manter uma linha desatualizada de veículos, a GM reagiu promovendo uma torrente de novidades no mercado nacional. Em curto espaço de tempo, lançou no Brasil o sedã Cobalt, a van Spin, o Cruze (sedã e hatch) e o Sonic (sedã e hatch).

Mas o carro mais esperado da marca Chevrolet era o novo modelo que seria produzido na fábrica gaúcha da General Motors em Gravataí: o compacto Onix. Substituto do Corsa, ele chegou no País no início de novembro, na versão hatch. Para 2013, está previsto o lançamento do sedã.

O Chevrolet Onix veio disputar o concorrido segmento de compactos. E, durante uma semana de avaliação de Automotor, demonstrou ter boas armas para encarar essa briga acirrada pela preferência do consumidor.


No painel, destaque para a tela sensível ao toque do sistema multimídia MyLink.

GENERAL MOTORS/DIVULGAÇÃO/JC

Em termos de design, o Onix se destaca na atual gama Chevrolet. Suas linhas ficaram bem resolvidas, mesclando robustez e jovialidade.

Na dianteira, faróis, grade, capô e para-choque formam um conjunto harmonioso. Qualidade que falta em “parentes” como o Cobalt e o Agile, nos quais os elementos da parte frontal têm proporções estranhas.

A lateral com linha de cintura bem marcada confere dinamismo ao Onix. E, na traseira, que lembra à do VW Gol, o formato do vidro e das lanternas chama a atenção, dando um toque de esportividade.

O automóvel é comercializado em quatro versões, a de entrada LS 1.0, as intermediárias LT 1.0 e LT 1.4, e a topo de linha LTZ 1.4. Esta última foi a testada por Automotor.

Gerando 106 cv de potência quando abastecido com etanol e 98 cv com gasolina, o motor 1.4 ainda fornece, respectivamente, 136,2 Nm e 126,4 Nm de torque. Esse propulsor (assim como o 1.0) passou por uma atualização para equipar o Onix, ganhando em eficiência, desempenho e economia de combustível.

Com isso, o Onix LTZ 1.4 proporciona boa dirigibilidade. Na cidade, o veículo responde com agilidade, mesmo com o ar-condicionado ligado. Em percurso rodoviário, ele também convence, embora o motor trabalhe em rotações mais elevadas, que causam maior ruído interno.

A versão avaliada tinha câmbio manual de engates precisos e bem escalonado. Uma novidade muito bem-vinda que o Onix traz para o segmento dos compactos é a possibilidade da transmissão automática de seis marchas.

O comportamento do carro foi sempre seguro e estável em todas as condições. As suspensões bem calibradas absorvem as irregularidades e são firmes nas curvas.

Internamente, o Onix possui espaço compatível com sua categoria. O acabamento é uma clara evolução frente aos outros compactos da Chevrolet: há profusão de plásticos, sim, entretanto, eles possuem textura agradável, e as peças são bem montadas.

A grande atração da cabine, contudo, é o sistema multimídia MyLink, que permite levar para dentro do carro músicas, fotos, vídeos e aplicativos do celular, além de fazer ligações telefônicas via bluetooth e permitir configurar algumas funções do veículo. É o tipo de tecnologia que irá agradar consumidores jovens, o principal alvo do Chevrolet Onix, que deve corresponder em vendas à alta expectativa que antecedeu seu lançamento no mercado brasileiro.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Design ousado do exterior é repetido na cabine, que possui painel curvilíneo e volante pequeno
Peugeot 2008 Griffe THP dá gosto de dirigir
Na foto do painel, é possível ver o sistema de acionamento por botões do câmbio Dualogic
Fiat Uno Sporting promove ilusão de ótica
Tomadas de ar maiores e itens cromados são diferenciais de estilo
Audi S3 Sedan é dócil e feroz
Ao contrário de outros aventureiros urbanos, Stepway mantém o estepe sob a carroceria
Versão Stepway do Sandero é melhor do que o original