Porto Alegre, quinta-feira, 23 de setembro de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
167714
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
167714
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
167714
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

ELEIÇÕES 2012 Notícia da edição impressa de 22/10/2012

Fortunati reúne aliados para projetar novo secretariado

Fernanda Nascimento

FREDY VIEIRA/JC
Presidente do PP cobra equiparação de forças
Presidente do PP cobra equiparação de forças

A composição do novo secretariado de Porto Alegre começa a ser definida oficialmente nesta tarde. O primeiro encontro do prefeito José Fortunati (PDT) com os representantes dos nove partidos que integram a base aliada - PDT, PMDB, PTB, PP, PPS, DEM, PRB, PTN e PMN -, será o momento de estruturação das primeiras mudanças previstas para o próximo governo. Enquanto algumas lideranças evitam comentar a distribuição de pastas, os progressistas adiantam que esperam mais espaço e a equiparação de forças com os grandes partidos da aliança.

“Para apoiar a candidatura, o PP passou por um intenso debate interno. Enfrentamos a oposição de lideranças estaduais e nacionais, como a senadora Ana Amélia Lemos. Temos a certeza de que o prefeito reconhece o nosso esforço”, pontua o presidente municipal, Tarso Boelter. À frente de duas secretarias nas gestões de José Fogaça (PMDB) e Fortunati, a sigla tem a expectativa de crescimento no número e na importância de pastas sob seu comando.

O prognóstico do PPS é diferente. O partido manteve apenas uma das três cadeiras na Câmara de Vereadores de Porto Alegre e espera continuar com a atual representação no primeiro escalão do governo. “Estamos abertos ao diálogo, mas vamos manter, no mínimo, o espaço que temos hoje. Trabalhamos muito para a coligação”, avalia o representante municipal da sigla, Paulo Odone.

As lideranças de partidos que hoje têm mais poder na administração municipal evitaram falar sobre o tema. O presidente municipal do PTB, Elói Guimarães, afirmou que irá esperar a reunião para se manifestar a respeito do assunto. O vice-prefeito eleito e representante do PMDB de Porto Alegre, Sebastião Melo, acredita que o necessário neste momento é a “elaboração do programa de governo e, depois, a decisão sobre as secretarias e nomes”.

A posição de cabeça de chapa na coligação que conquistou a vitória nas urnas dá ao PDT a responsabilidade de estruturar o novo governo. De acordo com o representante da sigla na Capital, Vieira da Cunha, a negociação entre os partidos será complexa, mas as disputas não devem atrapalhar a construção da gestão. “Vamos honrar os compromissos realizados antes das eleições, mas a união demonstrada durante a campanha será mantida no momento da vitória”, disse. O pedetista afirmou ainda que não existe a definição prévia sobre quais pastas cada partido comandará. “Não temos o compromisso de manter as secretarias como estão hoje. Mas, certamente, cada partido receberá um bom espaço no governo”, assegura.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
O candidato Luis Lauermann votou no Colégio Pio XII às 9h
Luis Lauermann é eleito o novo prefeito de Novo Hamburgo
Apoiadores de Tarcísio Zimmermann, do PT, fizeram carreata ontem
Campanha eleitoral tem início em três municípios
TSE determina apuração de gastos com horas extras de servidores do tribunal
Os gastos com horas extras no período eleitoral, em especial de setembro a novembro, foram maiores que nas eleições de 2010