Porto Alegre, sexta-feira, 20 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
20°C
11°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1620 4,1640 1,43%
Turismo/SP 4,0900 4,3300 1,40%
Paralelo/SP 4,1000 4,3400 1,40%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
109894
Repita o código
neste campo
 
 
 

FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE
de 31 de outubro a 16 de novembro de 2014

11/11/2014 - 18h52min

Giulia Paim estreia na ficção aos 18 anos

CLAITON DORNELLES/JC
Giulia Paim começou a escrever seu primeiro livro aos 14 anos
Giulia Paim começou a escrever seu primeiro livro aos 14 anos

A carioca Giulia Paim começou a escrever o seu primeiro livro aos 14 anos. “Escrevia a mão para mostrar para as amigas no colégio. Todas opinavam e davam sugestões”, conta. Um ano depois, com apenas 15 anos de idade, o primeiro esboço do livro Boston Boys estava pronto. Depois disso, veio a batalha pela publicação, até que uma pequena editora, a Grupo 5W, apostou no talento da jovem escritora. Agora, aos 18 anos, ela lançou seu primeiro livro na feira e conta que já tem pronto o segundo - uma continuação.

Giulia tem forte influência de Harry Potter e de suas fan-fics (textos escritos por fãs que expandem o universo da série, disponíveis em fóruns na internet) e de séries de desenhos japoneses, assim como a própria música, principalmente das famosas boys bands, tão em moda atualmente.

O livro conta a história de Ronnie Adams, uma garota responsável e pé no chão que vive em Boston, nos Estados Unidos. Sua vida muda quando ela descobre que a mãe, uma analista de sistemas, resolve radicalizar na troca de emprego: se torna produtora do programa de TV Boston Boys, uma série de sucesso que mostra a vida perfeita de três integrantes de uma boy band americana. A ideia veio depois que ela assistiu a um vídeo do conhecido vlogueiro Felipe Neto criticando a adoração por tais grupos.

“Ao mesmo tempo, minha mãe, uma executiva de análise de sistemas, tinha decidido mudar de emprego e se tornar produtora de um grupo de meninas cantoras lá no Rio”, explica. Ainda uma novata entre as novatas, Giulia diz que sofre um bullying “amigo” de outras escritoras de literatura infantojuvenil. “Esse contato com elas é muito bom, aprendi muito conversando com outras escritoras, como a Thalita Rebouças.” Atualmente cursando Publicidade, ela revela que não era lá muito fã de cânones da literatura brasileira, como o escritor Machado de Assis, nos tempos de escola, mas adorou Capitães de Areia, de Jorge Amado.

A jovem escritora ainda participou de algumas oficinas literárias para aperfeiçoar a escrita e relata que, quando decidiu realmente publicar o livro, além de ter que digitar todas as 400 páginas, mudou bastante parte do que havia escrito. “Na época, minha mentalidade ainda era bem infantil e não me preocupava com continuidade e detalhes narrativos, então, tive que mudar muita coisa”, revela. Giulia também ganhou na insistência, não se intimidando com as várias negativas que recebeu das editoras. “Se a própria J.K Rowling, autora da série Harry Potter, levou tantos ao antes de publicar, por que eu desistiria?”, questiona.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
MAIS FEIRA DO LIVRO
Balanço da Feira, de acordo com organizadores, foi positivo
60ª Feira do Livro de Porto Alegre é considerada um sucesso
Patrono Airton Ortiz distribuiu rosas no encerramento da Feira do Livro
Feira do Livro encerra com homenagem ao Xerife e maracatu
Patrono da feira do livro de Santiago, Breno Serafini lançou seu quarto livro
Crônicas ilustradas: nova obra de Breno Serafini

O PRÊMIO

PREMIADOS

COMISSÃO JULGADORA

Blog Acontecendo

Entrevistas Troféu Cultura
#expandasuamente: fotos no estande do JC para o Instagram e Facebook

/jornaldocomercio

Spot de rádio

Coberturas dos Anos Anteriores

2013  |  2012  |   2011  |  2010