Porto Alegre, domingo, 13 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
22°C
14°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0940 4,0960 0,70%
Turismo/SP 4,0600 4,2980 0%
Paralelo/SP 4,0700 4,2900 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
145988
Repita o código
neste campo
 
 
 

FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE
de 31 de outubro a 16 de novembro de 2014

Notícia da edição impressa de 10/11/2014

Mauricio de Sousa, o pai da Mônica, faz sucesso na Feira do Livro

Rafael Glória

MARIANA FONTOURA/CRL/DIVULGAÇÃO/JC
Mauricio de Sousa recebeu de Marco Cena a Comanda da Ordem do Jacarandá
Mauricio de Sousa recebeu de Marco Cena a Comanda da Ordem do Jacarandá

Mauricio de Sousa autografou para mais de setenta pessoas, deixando crianças e adultos realmente emocionados com a atenção que dava para cada um deles na Feira do Livro de Porto Alegre. Ele recebeu, pela importância de sua obra na formação de gerações de leitores há mais de cinco décadas e pelo seu apoio decisivo à defesa dos direitos das crianças, a Comanda da Ordem do Jacarandá.

Quando autografava, muitas vezes, o cartunista mais famoso do País desenhava os personagens nos livros, arrancando suspiros e lágrimas do público. Sidney Gusman, responsável pela parte de planejamento editorial da Mauricio de Sousa Produções, diz que trabalha com o Maurício há oito anos e admira muito a sua vitalidade. “Ele é mais meu amigo do que meu chefe. Você aprende com ele, o trato com as pessoas dele é único. E a energia desses encontros só o abastecem”, afirmou.

Uma das características de sucesso do autor é que ele constantemente atualiza os temas da turma. Mauricio de Sousa tirou essa lição do jornalismo, profissão a qual exerceu por cinco anos. “Agora, com as redes sociais, é fácil saber o que o leitor está querendo, temos uma equipe toda responsável só por essa parte”, relatou o pai da Mônica e do Cebolinha.

E vem mais novidade por aí. Depois de desenvolver uma nova linha temporal para turma, isto é, mantendo o gibi clássico e criando a turma adolescente, Mauricio de Sousa planeja o próximo passo: a turma adulta. “A ideia é que eles envelheçam junto com o leitor. Essas histórias serão quase que jornalísticas, falam do que acontece no mundo. É uma história em construção”, relata. O projeto ainda é um embrião, não há nada de concreto, mas ele revela que já estão montando uma sala no estúdio com profissionais específicos para trabalhar na produção.

Novos personagens também serão criados. “Sem dúvida vão ter que existir, mas primeiro temos que terminar os estudos. As histórias precisam ter conflitos de acordo com o nosso estilo. Falar a língua que a família normal discute depois do jantar”, conta. Muito dos enredos e da forma como abordar assuntos vem do contato constante com os 10 filhos, 11 netos e dois bisnetos. “Eu uso hoje um sistema que tem funcionado: se eu escrever e alguém de 14 anos entender, então todo mundo vai entender”, explica. Apesar disso, a ideia não é simplificar os temas, mas falar a linguagem de todos.

“É um fenômeno interessante”, explica Gusman, que acompanha Maurício de Sousa em todas as suas viagens. “A turma da Mônica é de diferentes gerações. A mãe, a avó e a filha leitoras têm Mônicas diferentes e comparam uma com as outras”, avalia. Para Maurício, é uma relação muito importante e instigadora sempre se inovar e manter os laços com o público. “Eu e a nossa grande equipe temos que estar muitos ligados nesse pessoal todo. Resta a gente fazer o que fizemos nos últimos 50 anos para continuarmos acertando”, acredita Mauricio.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
MAIS FEIRA DO LIVRO
Balanço da Feira, de acordo com organizadores, foi positivo
60ª Feira do Livro de Porto Alegre é considerada um sucesso
Patrono Airton Ortiz distribuiu rosas no encerramento da Feira do Livro
Feira do Livro encerra com homenagem ao Xerife e maracatu
Patrono da feira do livro de Santiago, Breno Serafini lançou seu quarto livro
Crônicas ilustradas: nova obra de Breno Serafini

O PRÊMIO

PREMIADOS

COMISSÃO JULGADORA

Blog Acontecendo

Entrevistas Troféu Cultura
#expandasuamente: fotos no estande do JC para o Instagram e Facebook

/jornaldocomercio

Spot de rádio

Coberturas dos Anos Anteriores

2013  |  2012  |   2011  |  2010