Porto Alegre, terça-feira, 25 de fevereiro de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
29°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,3920 4,3940 0,04%
Turismo/SP 4,3500 4,6200 0,21%
Paralelo/SP 4,3600 4,6100 0,21%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
845167
Repita o código
neste campo
 
 
 

FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE | De 1º a 17 de novembro de 2014.

15/11/2013 - 17h30min

Fernando Favaretto estreia como autor na Feira do Livro

Rafael Gloria

MARIANA FONTOURA/JC
Livro traz enredo passado no interior do Rio Grande do Sul
Livro traz enredo passado no interior do Rio Grande do Sul

"Acho que eu tinha 13 anos quando visitei pela primeira vez a Feira do Livro", conta Fernando Favaretto, professor e jornalista que está lançando seu primeiro livro na Feira. Sobre dores, amores e uma panela velha, da editora Multifoco, é o nome da obra que ele assinou às 17h na Praça de Autógrafos. Desde então, depois que veio morar na capital, passou a ser figura carimbada da Feira.

A narrativa de Sobre dores, amores e uma panela velha conta a história de alguém que está retornando para a sua cidade natal. "A história começa quando Otto, o personagem principal, volta para o interior devido a morte da avó. Então ele tem que enfrentar toda a família e tradições não muito bem explicadas", diz. Como a da panela velha, que está no título do livro - ela veio, aliás, de uma história pessoal da família do autor. Na vida real, ele tinha tias que acreditam que havia uma panela cheia de dinheiro enterrada no pátio do seu avô, então "o terreno vivia esburacado", comenta. 

Ele adaptou essa história na ficção pegando o elemento da panela. Na trama, ela serve como uma provação para as futuras esposas de algum membro da família. "No livro, como se passa no interior tem essa coisa do imigrante que veio pra cá e lutou muito para construir sua trajetória, e manter a tradição. Então eles tem algumas resistências e a panela é um simbólo disso, ninguém questiona esse ritual, até chegar o Otto", afirma. A infância em uma pequena comunidade de origem italiana, a adolescência em um colégio interno de padres e o início da vida adulta na capital gaúcha inspiraram o romance.

Favaretto também é diretor da Ufrgs TV, a unidade responsável pela produção audiovisual da universidade. "É um trabalho bacana também, mas também tenho menos tempo para escrever".

Sobre as suas influências, ele acredita que o livro tem uma proximidade com o Como Água para Chocolate, o romance de Laura Esquivel adaptado para o cinema por Alfonso Arau. "Ele também tem essa coisa da tradição familiar, do amor meio impossível temático, um estilo de prosa um pouco diferente e a ambientação familiar", conta. Saramago, Gabriel García Marquez e os brasileiros Marcos Reis e Alcione Araújo são algumas das influências. 

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
MAIS FEIRA DO LIVRO
Dados foram apresentados em coletiva de imprensa nesta segunda-feira
Feira do Livro registra alta de 2,26% nas vendas em 2013
O ambientalista Augusto Carneiro participou da primeira edição da feira, na década de 1950
Augusto Carneiro, um livreiro dedicado à natureza
Santucci acredita que feriados ajudaram no movimento da Feira do Livro
Osvaldo Santucci Junior aponta sucesso mesmo com Feira reduzida
GALERIA DE FOTOS

O TROFÉU

PREMIADOS

COMISSÃO JULGADORA

Blog Acontecendo

Entrevistas Troféu Cultura
#expandasuamente: fotos no estande do JC para o Instagram e Facebook
Equipe do Jornal do Comércio se despede da Feira do Livro

/jornaldocomercio

Edições Anteriores

2012  |   2011  |   2010