Porto Alegre, quarta-feira, 18 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
14°C
25°C
12°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0770 4,0790 0,26%
Turismo/SP 4,0400 4,2800 0%
Paralelo/SP 4,0500 4,2900 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
523262
Repita o código
neste campo
 
 

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto
 
imprimir IMPRIMIR

Notícia da edição impressa de 13/02/2012

Mil e uma utilidades

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Com o smartphone, Alana chega a ficar uma semana sem ligar o computador
Com o smartphone, Alana chega a ficar uma semana sem ligar o computador

Ao mesmo tempo em que vão ganhando mais e mais funções, os smartphones também se tornam cada vez mais populares no embalo da redução do custo dos aparelhos e do crescente interesse dos usuários em acessar e-mails, sites e redes sociais de onde quer que estejam.

Não há números precisos sobre o aumento da presença dos telefones inteligentes entre os brasileiros, mas o avanço dos aparelhos equipados com redes de 3G, que contam com internet banda larga móvel, é um bom termômetro para indicar o bom momento vivido por esses dispositivos.

Em 2011, o número de aparelhos de celular equipados com 3G avançou 127%, chegando a 33,2 milhões em dezembro. É mais do que o dobro dos 14,6 milhões de aparelhos com a tecnologia que existiam em dezembro de 2010 e mais de oito vezes o número de dispositivos que havia em dezembro de 2009: 4,3 milhões.

O avanço ocorreu em um ritmo superior ao crescimento global do mercado de telefonia móvel no Brasil no ano passado, que foi de 19,36%. “O que leva a essa popularização dos smartphones é o crescimento dos planos de dados. Para fazer uso dessa conexão, o ideal é ter um smartphone”, afirma Eduardo Tude, presidente da consultoria Teleco.

De olho nessa lógica, as próprias operadoras vêm se esforçando para aumentar a base desses telefones no País. Aparelhos subsidiados para quem contrata planos de dados no pós-pago ajudam a formar uma nova legião de usuários habituados à internet banda larga móvel. Outra iniciativa que incentiva a disseminação desses aparelhos é a oferta de planos de dados pré-pagos, o que expandiu o público-alvo desses serviços. Afinal, mais de 80% das linhas móveis no Brasil são “de cartão”. “E esses planos têm preços bastante convidativos”, acrescenta Tude. Assim, a participação desses aparelhos no total do mercado saltou de tímidos 2,47%, em 2009, para 13,70%, no final de 2011.

Dona de um aparelho com sistema Android, a publicitária Alana Pereira já está no seu terceiro dispositivo do tipo. “Tenho smartphone desde 2009”, recorda Alana, que usa internet no celular desde antes das redes 3G e dos telefones inteligentes.

Seu primeiro smartphone era um blackberry com pacote de dados ilimitado, o que ajudou a criar o costume de navegar no Twitter, Facebook e webmail. “Também tiro bastante fotos, que posto nas redes sociais ou mando por e-mail”, conta.

Com acesso à internet também via wi-fi, o smartphone também tomou o espaço do computador e do desktop quando Alana acessa a internet de casa. “Eu fico uma semana sem ligar o computador em casa porque o basicão eu faço no celular. Somente se tem alguma coisa de trabalho ou algo mais elaborado, eu acabo ligando o computador”, relata.

Novo perfil de usuário

A multiplicação dos dispositivos  móveis no País leva para as mãos de milhões de usuários um aparelho que, inicialmente, tinha utilização restrita ao meio empresarial. No primeiro momento, os telefones inteligentes conquistaram executivos e gestores como uma forma prática de receber e mandar e-mails de qualquer lugar, com aqueles aparelhos cheio de botões, reproduzindo teclados QWERTY, semelhante aos dos computadores.

Com o tempo, vieram os aparelhos com telas sensíveis ao toque (e maiores) que caíram no gosto do público ao oferecer novas possibilidades aos usuários e maior facilidade de uso. “O e-mail foi o primeiro (serviço) a se consolidar. Depois vieram as redes como o Twitter e o Facebook com essas trocas sociais que têm feito muita gente comprar smartphones para poder ficar trocando mensagens”, acrescenta Eduardo Pellanda, professor da Faculdade de Comunicação da Pucrs.

Além da combinação entre a explosão das redes sociais e a redução dos preços dos planos de dados e dos aparelhos, outro elemento que contribui para a expansão dos smartphones é o trabalho das operadoras para ampliar a cobertura da tecnologia 3G no Brasil. Isso faz com que os aparelhos inteligentes sejam atraentes para uma parcela cada vez maior da população.

O Brasil encerrou 2011 com 2.625 municípios atendidos por redes de banda larga móvel. Mais que o dobro dos 1.287 do final de 2010. O incremento fez a rede estar disponível a expressivos 83,2% da população brasileira. Há três anos, pouco mais de metade dos brasileiros viviam em municípios cobertos por essa tecnologia. No Rio Grande do Sul, há atualmente 326 localidades com acesso a banda larga móvel.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR