Porto Alegre, domingo, 20 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
16°C
20°C
15°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1180 4,1200 1,24%
Turismo/SP 4,0600 4,3200 1,09%
Paralelo/SP 4,0700 4,3100 1,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
158107
Repita o código
neste campo
 
 


 18º Festival Mundial
 de Publicidade
 De 31 de agosto
 a 2 de setembro
 Serra Park, Gramado/RS

02/09/2011 - 17h09min

Festival chega ao fim com debate sobre a Copa e palestra da Perestroika

Bruno Borges/JC
Callage acredita que grandes eventos podem criar um cenário positivo para o Brasil
Callage acredita que grandes eventos podem criar um cenário positivo para o Brasil

A bola rolou no Festival de Publicidade de Gramado. Na quarta palestra da sexta-feira (2), último dia do evento, o tema foi "O país do esporte. Um novo país?". Márcio Callage, gerente de marketing da Olympikus, e Luiz Fernando Lima, diretor geral de esportes da Rede Globo, foram os palestrantes.

Callage foi o primeiro a falar, e trouxe um discurso otimista. Para ele, a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas será uma oportunidade única para o Brasil. E que é preciso começar a pensar em como aproveitar isso. "Precisamos criar um cenário positivo no Brasil", afirmou.

A última Olimpíada foi disputada na China, e a última Copa na África do Sul. Callage esteve nos dois eventos, e garante que o Brasil está  mias parecido com o país asiático. "A situação econômica do Brasil é melhor com os eventos do que sem eles", explicou.

O diretor da Rede Globo, Luiz Fernando Lima, lembrou as dificuldades que o Brasil enfrenta na área de esportes. E deu alguns exemplos: "Somente nos últimos 10 anos conseguimos padronizar o Campeonato Brasileiro, e isso dá uma ideia de como o esporte era desestruturado no Brasil".

Ações de marketing devem acompanhar transformações

A palestra de encerramento do festival ficou a cargo dos diretores de "whatever" da Perestroika Felipe Anghinoni e Tiago Mattos. O cargo dos publicitários já remete ao desprendimento total dos parâmetros convencionais de ser fazer comunicação, proposto pela empresa, descrita como uma "escola de atividades criativas".

Anghinoni explicou que as transformações pela qual o mundo atravessa estão transformando drasticamente todos os campos da sociedade e afirmou que a publicidade e a comunicação precisam passar por uma mudança de "software e hardware". "Em software, tem que passar de discursiva para uma ação realizadora. As marcas têm que entender que devem fazer coisas criativas, eventos, situações, coisas legais."

O publicitário afirmou que essas ações devem mexer e beneficiar a comunidade, mas fugindo dos padrões tradicionais das atividades de responsabilidade social. "Essas coisas legais, do bem, têm que deixar algum legado, algum tipo de memória para as pessoas que estão vendo", afirmou. Ele propôs uma nova divisão de inteligência, "como se a arquitetura da informação tivesse mudado", no que se refere ao hardware da comunicação. Com isso, a nova estrutura está baseada em cinco pilares, de acordo com ele: causabilidade; riqueza social; profundidade; conteúdo proprietário e audiência proprietária.

No encerramento da palestra, Mattos e Anghinoni anunciaram os vencedores do Prêmio Universitário. O vídeo preferido pelo jurí foi o Videocase Paraíso do Golfe, do grupo Shoot The Shit. Na segunda-feira começará uma segunda eleição, que irá premiar o vídeo favorito pelo voto popular.