Porto Alegre, domingo, 15 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
29°C
27°C
15°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0860 4,0880 0,68%
Turismo/SP 4,0100 4,2400 0,47%
Paralelo/SP 4,0200 4,2500 0,47%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
678545
Repita o código
neste campo
 
 


 18º Festival Mundial
 de Publicidade
 De 31 de agosto
 a 2 de setembro
 Serra Park, Gramado/RS

02/09/2011 - 16h00min

Comunicação para a Classe C é tema de debate em Gramado

Paulo Serpa Antunes

Bruno Borges/JC
Meirelles apresentou dados que mostram que em 2014, 60% da população brasileira será Classe C
Meirelles apresentou dados que mostram que em 2014, 60% da população brasileira será Classe C

A nova classe média brasileira veio para o centro da discussão no início da tarde desta sexta-feira (2), último dia do Festival Mundial de Publicidade. No palco do Serra Park, em Gramado, Manoel Soares e Renato Meirelles ajudaram o público a entender o maior e mais crescente grupo social do Brasil -  a classe C.

Manoel Soares, presidente da Central Única de Favelas e comunicador da RBS, abriu o painel “A verdadeira comunicação para a maioria” explicando que existe um dialeto emocional entre o público das classes C e D, que os profissionais da comunicação precisam acessar.

"Eu, Manoel, costumo acessar este público através da música e, a partir da porta que a música abre, entro e acesso outras coisas". Para ilustrar seu conceito, Manoel produziu um vídeo em que circulava pelas ruas de Porto Alegre, fazendo as pessoas escutarem duas músicas, mostrando suas reações após a audição.

Manoel sugeriu ainda aos publicitários presentes que analisem a publicidade nos Estados Unidos nos anos 80 e da África do Sul há uma década atrás. "Estes países viveram estes momentos de transição, de mobilidade social, que vivemos hoje. Podemos aprender com estas experiências", explicou.

Na sequência, Renato Meirelles, sócio-diretor do instituto de pesquisas Data Popular apresentou a Classe C como a "nova classe média brasileira". De acordo com pesquisa da Data Popular, até 2014, seis de cada 10 brasileiros serão Classe C. No Sul do Brasil isto já é realidade: "nós descobrimos que a Região Sul do Brasil é a região mais Classe C do Brasil, ela representa 64% da população", explicou.

O desafio pra o publicitário é entender este público. "Quem faz marketing, com raras exceções, não veio da classe C e tem a postura de querer catequisar a classe C. E este público não quer se catequisado", afirmou.

Meirelles arrancou ainda aplausos com frases de efeitos e na defesa do público alvo da Data Popular: "cada vez que voces ouvirem alguém comentar que 'este aeroporto está virando uma rodoviária' lembrem da minha cara, nós temos orgulho de ter ajudado a TAM, Gol e a CVC na popularização das viagens aéreas", afirmou.

No encerramento da palestra, Meirelles deu ainda algumas dicas importantes de como atingir este grupo de consumidores para os publicitários que estavam no auditório, como "ser interativo, saber ouvir" e "não temer a redundância". "E, por fim, emocionar, emocionar, emocionar", concluiu arrancando aplausos da plateia.