Porto Alegre, domingo, 08 de dezembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
18°C
33°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1440 4,1460 1,02%
Turismo/SP 4,1400 4,3900 0,85%
Paralelo/SP 4,1500 4,3800 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
335758
Repita o código
neste campo
 
 

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto
 
imprimir IMPRIMIR

Notícia da edição impressa de 22/12/2009

SEC prioriza tecnologia, formação e infraestrutura

Mauro Schaefer/JC
Deon destaca pilares que estarão no centro dos investimentos.
Deon destaca pilares que estarão no centro dos investimentos.

Depois de mais um ano tumultuado na educação pública do Rio Grande do Sul, marcado pelo embate com representantes do magistério gaúcho, a Secretaria Estadual da Educação (SEC) projeta manter o foco em três áreas consideradas prioritárias pelo titular da pasta. O secretário Ervino Deon pretende aumentar os investimentos em melhorias na infraestrutura de escolas, formação de professores e tecnologia.

“São três pilares muito fortes que vamos trabalhar no ano que vem. Entendemos que eles são fundamentais para qualificar o ensino em nosso Estado”, afirma. Segundo ele, o programa Escola Legal receberá “valores elevados”, dando continuidade às obras de adaptação e reforma dos espaços escolares. “Em 2009, promovemos ampliações ou serviços em geral em cerca de 1,9 mil escolas”, garante.

No setor de ensino propriamente dito, com o apoio de universidades privadas e comunitárias, o secretário lembra que 21 mil professores estão recebendo qualificação. Além disso, a SEC informa que está encaminhando novos currículos referenciais, traçando os conteúdos e conhecimentos (“as habilidades e competências cognitivas para cada série, em cada disciplina”), que deverão ser implantados na educação estadual.

“As escolas vão receber este material com os referenciais curriculares para montar o plano de curso. Os professores, para instrumentalizar as intervenções pedagógicas com os alunos que têm dificuldades de aprendizagem. É um material pedagógico, de grande qualidade. Será um grande avanço, com impacto enorme a partir do próximo ano”, comenta Deon.

Na área tecnológica, a SEC promete a conclusão do projeto Sala de Aula Digital para 2010. “Vamos instalar laboratórios de informática em mais mil escolas públicas. Com isso, teremos todas as escolas estaduais supridas nesta questão. Ao mesmo tempo, queremos concluir a instalação de internet banda larga em todas as instituições de ensino do Estado”, ressalta.

Outro projeto que deve começar a funcionar a pleno a partir de março é o Professor Digital. “É de livre adesão a quem desejar. Todo professor estadual do setor público poderá adquirir um notebook, aquele computador pessoal, através de subsídio do governo.” Através de um grande pregão eletrônico, empresas ofereceram equipamentos com propostas vantajosas. “A máquina já virá com toda a configuração de e-mail pessoal do professor, software em português, 3-G, programas educacionais. O notebook, que no mercado custaria R$ 2,6 mil, conseguimos por R$ 1,6 mil.”

Deon explica como participar do projeto. “O professor poderá fazer a compra em até 36 vezes, sem qualquer centavo de acréscimo, porque a SEC e o governo do Estado vão bancar os juros. Da sua casa, de sua escola, poderá aderir através do site do Banrisul e, com isso, receber durante as férias, em sua residência, o computador entregue pelas empresas. O Banrisul assume o custo e depois fará o desconto em folha.”

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR