Porto Alegre, domingo, 20 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
22°C
15°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1180 4,1200 1,24%
Turismo/SP 4,0600 4,3200 1,09%
Paralelo/SP 4,0700 4,3100 1,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
214505
Repita o código
neste campo
 
 

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto
 
imprimir IMPRIMIR

cultura/gestão Notícia da edição impressa de 28/12/2012

Pontos de Cultura estão entre as metas do ano

Ricardo Gruner

No cargo de secretário de Estado da Cultura há quase dois anos, o escritor Luiz Antonio de Assis Brasil está convicto de que os objetivos de sua gestão estão sendo alcançados. Para 2013, a previsão é terminar uma série de projetos já iniciados e solucionar algumas demandas.

Dentre as prioridades está a implantação dos Pontos de Cultura, cujo processo está praticamente encerrado, em fase de seleção a partir de edital.  No total, serão escolhidos 160 projetos de ações culturais de todo o Estado - sendo, destes, 16 Pontos de Cultura instalados nos diferentes Territórios da Paz. Somado, o investimento supera os R$ 18 milhões.

Outro item incluso no planejamento é a qualificação de cerca de 150 bibliotecas públicas de todo o Rio Grande do Sul - número estimado, uma vez que as inscrições realizadas por edital estão em avaliação. O valor disponível é de mais de R$ 3 milhões, com 50% dedicado à compra de livros, e a outra metade, à aquisição de informática, estantes, mesas e locais de consulta.

“São ações que já estamos operando especialmente com convênio com o Minc”, afirma o secretário, que orgulha-se do montante previsto para o próximo ano. “Estaremos com um valor de renúncia fiscal do governo do Estado de R$ 35 milhões, um número absolutamente recorde”. Além disso, haverá um incremento do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), o que significaria um valor expressivo para a realização de ações diretas de promoção cultural. “Nós já estamos executando um valor de R$ 10 milhões do FAC”, antecipa ele.

Outros projetos são um edital (também em fase de implantação) para destinar R$ 400 mil para feiras do livro no Interior do Estado, e a transferência de dois espaços artísticos. O Museu de Arte Contemporânea (MAC-RS) passará a ter uma sede própria, ocupando o prédio da antiga Mesbla - mudança que pode ocorrer até o meio do ano. Já o futuro do Centro Cenotécnico está aberto em algumas possibilidades: “Nós teríamos condições de instalar o material em qualquer uma delas , mas o importante é que não ficaremos sem o centro e que o local será escolhido junto com a comunidade das artes cênicas”, enfatiza ele.

Uma casa para a música

Um dos pontos estratégicos para o planejamento do governo do Estado terá um avanço visível em 2013: a Sala Sinfônica da Ospa deve chegar, até o fim do ano, a um estágio de 60% ou 70% de conclusão das obras. Como os prazos estão sendo cumpridos, a previsão de finalização do espaço segue sendo o primeiro semestre de 2014.
As atividades começaram no início de 2012 e, em julho passado, tiveram um apoio importante. Através de convênio entre Ministério da Cultura e governo do Estado, foi definida a liberação de cerca de R$ 19 milhões pelo ministério e uma contrapartida do Estado no valor aproximado de R$ 5 milhões.

Atualmente, as fundações da estrutura estão em fase de finalização, enquanto a construção propriamente dita deve começar logo no início do ano. Para isso, o secretário estadual da Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil, afirma que um terceiro edital - agora para concorrência de empresas interessadas em erguer o projeto - está para ser lançado nos próximos dias. “A sala sinfônica está em franca evolução”, garante: “Nós estamos com o recurso assegurado para ser realizado em 2013”.

A sede ficará no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho, nas proximidades da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, em área onde a Ospa já se apresentou neste ano (a fim de começar a habituar o público). Com capacidade de 1,5 mil lugares, o espaço contemplará não só uma sala de concertos, como também salas para ensaios coletivos e individuais (e para diferentes instrumentos), escola de música e sede administrativa.

De formato tipológico shoe box (retangular), o projeto tem qualificação acústica internacional e foi discutido por maestros e músicos. Diferentemente de um teatro convencional, a nova sede da Ospa não suportará óperas nem montagens cênicas.

Música à parte, a Sala Sinfônica da Ospa ainda contará com área de alimentação com café, bar e restaurante e também 375 vagas de estacionamento.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR