Porto Alegre, terça-feira, 14 de agosto de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
12°C
20°C
10°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,8960 3,8980 0,87%
Turismo/SP 3,8900 4,0800 1,24%
Paralelo/SP 3,9000 4,0900 1,23%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
120916
Repita o código
neste campo
 
 
FEIRA DO LIVRO. De 26 de outubro a 11 de novembro em Porto Alegre.

MENU
Últimas notícias
JC na Feira do Livro
 
Troféu Cultura Econômica
Premiados
Comissão Julgadora
Fotos da Premiação
ARQUIVO
Hotsite Feira 2011
Hotsite Feira 2010
 
imprimir IMPRIMIR

07/11/2012 - 16h53min

Inclusão social e acessibilidade no Cais do Porto

Emerson Machado/CRL/Divulgação/JC
 Na segunda-feira, Casa do Pensamento sediou o 8º Encontro da Confraria das Letras em Braile
Na segunda-feira, Casa do Pensamento sediou o 8º Encontro da Confraria das Letras em Braile

A Feira do Livro de Porto Alegre deste ano faz da inclusão um tema presente. Na biblioteca, localizada no Cais do Porto, há espaços nos quais os visitantes - em especial, o público cego -, têm acesso a livros e equipamentos em braile.  Também as pessoas têm acesso à linguagem que é utilizada na comunicação com os deficientes auditivos.

Duas salas ficam sob a responsabilidade da Confraria das Letras em Braile, um projeto de literatura para cegos que existe há oito anos e que possui diversos parceiros. A iniciativa é planejada e apresentada durante os 17 dias da Feira. Nesta edição, a confraria produziu 10 títulos, com 20 exemplares de cada, que serão distribuídos para escolas e bibliotecas públicas do Interior do Estado.

Ainda dentro do projeto, existe uma atividade sensorial que proporciona uma nova experiência para as pessoas que se dispõem a participar. Nela o público é desafiado a utilizar outros sentidos como olfato, tato e audição, deixando de lado a visão. Já na entrada, eles são vendados e orientados a abrir a porta, que tem uma obra da Tarsila Amaral. Conforme a coordenadora da Confraria, Isabel Oliveira, é uma dinâmica muito procurada. "Nós conversamos com o pessoal depois da atividade, e os relatos são positivos e bem interessantes", explicou.

Uma novidade deste ano é a venda de livros em formato acessível. São obras em braile e algumas com áudio, produzidas e comercializadas em um espaço coordenado pela Associação dos Cegos do Rio Grande do Sul. Lá podem ser encontrados também audiolivros no formato MP3, para reprodução em rádio ou computador.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR