Entre os expositores desta edição, 80,9% estão retornando ao evento, e 19,1% serão novos na feira. Entre os estandes, 67% são de empresas gaúchas. Mesmo maioria, há uma queda de participação, em comparação aos últimos 10 anos. No ano passado, em 2018, os gaúchos somavam 72% dos expositores. Segundo Longo, a crise do Estado explica essa situação, reiterando sua preocupação: “Precisamos que a economia se fortaleça para que o estado cresça. É uma situação muito preocupante”.
Espaço dedicado para atividades especiais
Para evidenciar e fortalecer os espaços criados no ano passado, o Espaço Premium e o Circuito de Negócios, as áreas de palestras e de feiras estão mais claros. As palestras serão do lado do Teatro Sesi. Já as feira de negócios ficará concentrada nos três andares do pavilhão do Centro de Eventos. Localizado no segundo andar, o Espaço Premium contará com empresas multinacionais e grandes players das indústrias de alimentação e de higiene. Já o espaço do Circuito de Negócios, trará micro e pequenas empresas em um ambiente de negócios e novas parcerias. Segundo Longo, o espírito da feira é oportunizar que fornecedores de diferentes portes e segmentos conheçam seus colegas.
Carro e notebooks para quem negociar e ter sorte
Mais uma vez, a Expoagas 2019 vai incentivar a conclusão de transações comerciais já durante os três dias do evento, com o sorteio de seis notebooks e um automóvel zero quilômetro entre as empresas que efetuarem compras nos estandes desta edição. A cada R$ 1.000,00 em compras junto aos expositores, os visitantes receberão um cupom para participação.
 
Preocupação com o meio ambiente
Para evitar desperdícios, a Agas tem uma parceria com o Banco de Alimentos do Estado. Durante os três dias do evento, a instituição terá um ponto de coleta, na secretaria da Expoagas 2019, onde os expositores entregarão alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza referentes às sobras da feira. Os donativos serão encaminhados para mais de 300 entidades carentes atendidas pelo Banco de Alimentos na Capital. Segundo o coordenador da Agas, Francisco Brust, a Juntapel também participará do evento, coletando, separando e dando a correta destinação aos resíduos sólidos gerados na feira. Em relação ao óleo de cozinha usado durante a feira, a empresa Coleto fará o processo de descarte do produto utilizado na feira, evitando danos ao meio ambiente.