Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Série B

- Publicada em 22 de Setembro de 2022 às 20:08

Grêmio entra com efeito suspensivo por perda de mandos de campo

Enquanto aguarda a decisão do STJD, Kannemann pode voltar aos gramados diante do Sampaio Corrêa, no Maranhão

Enquanto aguarda a decisão do STJD, Kannemann pode voltar aos gramados diante do Sampaio Corrêa, no Maranhão


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Com o acesso encaminhado à Série A de 2023, a direção do Grêmio busca junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a suspensão da perda dos três mandos de campo pelas brigas entre torcedores na arquibancada Norte da Arena, no empate em 2 a 2 com o Cruzeiro, pela 25ª rodada da Série B. Com isso, o Tricolor não poderá enfrentar CRB, Bahia e Brusque, em Porto Alegre. Em caso de negativa do recurso, o Tricolor terá que mandar os jogos a 100 km da Capital. 
Com o acesso encaminhado à Série A de 2023, a direção do Grêmio busca junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a suspensão da perda dos três mandos de campo pelas brigas entre torcedores na arquibancada Norte da Arena, no empate em 2 a 2 com o Cruzeiro, pela 25ª rodada da Série B. Com isso, o Tricolor não poderá enfrentar CRB, Bahia e Brusque, em Porto Alegre. Em caso de negativa do recurso, o Tricolor terá que mandar os jogos a 100 km da Capital. 
O departamento jurídico se apoia na decisão dividida - o placar no STJD foi de 3 votos a 2. Além disso, o clube identificou grande parte dos envolvidos, afastando os que eram sócios. Em um primeiro momento, a tentativa é liberar a partida contra o CSA, em 4 de outubro, pela 33ª rodada.
Dentro de campo, o Tricolor segue se preparando para o jogo contra o Sampaio Corrêa, no Maranhão, que ocorre apenas no dia 30. Para esta partida, o técnico Renato Portaluppi terá de volta o zagueiro Kannemann e o lateral-esquerdo Nicolas. Por outro lado, estão suspensos, Edílson, Bruno Alves, Diogo Barbosa e Lucas Leiva. Também não terá Villasanti, que estará retornando da seleção paraguaia.
 
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO