Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

INVESTIMENTOS

- Publicada em 22 de Novembro de 2022 às 18:31

CEEE Equatorial investe R$ 494 milhões nos primeiros 9 meses de 2022 no RS

Subestação da CEEE Equatorial em Guaíba recebeu melhorias

Subestação da CEEE Equatorial em Guaíba recebeu melhorias


CEEE EQUATORIAL/DIVULGAÇÃO/JC
Eduardo Torres
Atualizada em 23/11/2022
Atualizada em 23/11/2022
O sorteio de 70 novas geladeiras entre moradores do bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, em junho, não foi uma mera promoção, mas marcou a retomada de um dos projetos de estímulo à eficiência energética que demandou um dos principais investimentos do Grupo Equatorial em seu primeiro ano completo de operação na área de distribuição da CEEE no Rio Grande do Sul.
Somente com o Projeto E+ Geladeira Nova, foram aportados R$ 14,2 milhões. É parte dos investimentos deste ano, que, segundo a empresa, até o final do terceiro trimestre, teve investidos R$ 494 milhões no Estado, divididos ainda em outras duas frentes: melhorias na infraestrutura para a rede já existente e estímulo ao uso de combustíveis limpos. O total de investimentos do ano será divulgado no início de 2023.
A troca de geladeiras por equipamentos mais eficientes já fazia parte dos projetos da CEEE e, a partir de junho deste ano, passou a integrar o chamado eixo E+ Comunidade, do Grupo Equatorial, que beneficia comunidades do ponto de vista social também em outros estados com atuação da empresa.
Neste mesmo eixo, a CEEE Equatorial aportou outros R$ 11,5 milhões no E+ Luzes da Cidade. São 10 municípios das regiões Litoral Norte, Carbonífera e Sul, que terão 15 mil lâmpadas de vapor de mercúrio e sódio substituídas por LED nos postes da iluminação pública. A ação foi resultado de uma chamada pública da CEEE Equatorial, na qual os municípios apresentaram seus projetos para melhorias na eficiência energética. Aproximadamente R$ 20 milhões dos recursos investidos em projetos de eficiência energética são repassados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
Nos últimos cinco anos, o Grupo Equatorial informa ter investido, incluindo outros estados, R$ 327 milhões nos programas de eficiência energética aprovados pela Aneel. O maior volume de investimentos de 2022, no entanto, foi direcionado a melhorias na rede elétrica. Neste ano, foi iniciada a obra de construção de uma nova subestação em Cerro Grande do Sul, prevista para entrar em operação em 2023, com capacidade de 12,5 MVA. Dali, sairão quatro novas linhas de fornecimento de energia, que beneficiarão diretamente 12,3 mil clientes ou aproximadamente 50 mil pessoas.
Outras duas obras em subestações tiveram início neste ano, com investimentos de R$ 18,8 milhões para a nova subestação da Zona Norte de Porto Alegre, com capacidade de 50 MVA, beneficiando 120 mil pessoas, e a ampliação da subestação Porto Alegre 16. Em Santa Vitória do Palmar, também foi iniciado o investimento de R$ 10,7 milhões para energização da Subestação Salso, com capacidade de 25 MVA, beneficiando 15 mil moradores da região. Neta mesma localidade, houve quatro reformas ou construções de alimentadores até novembro deste ano.
Outros R$ 8,3 milhões foram investidos entre a conclusão da Subestação Guaíba 1, com ampliação da sua capacidade em 40%, e as ampliações das subestações de Osório, Torres, Capão Novo, Arroio do Sal e Santo Antônio da Patrulha.
As melhorias em redes elétricas de praticamente todas as regiões com operações da CEEE Equatorial foram responsáveis por outros R$ 18,9 milhões em aportes durante este ano.
A inovação também entrou no roteiro dos investimentos de 2022. O Rio Grande do Sul faz parte da Rota Elétrica Mercosul. Com investimento anunciado de R$ 18 milhões, a CEEE Equatorial, em parceria com a UFSM, trabalha nos projetos e pesquisa para estruturação de estações de recarga rápida para carros elétricos.
O plano é que uma rede de 916 quilômetros, entre as cidades de Torres, Osório, Eldorado do Sul, Barra do Ribeiro, Cristal, Pelotas, Arroio Grande, Jaguarão, Rio Grande, Santa Vitória do Palmar e Chuí, tenha estações de recarga em operação a partir de dezembro de 2023.

Ficha técnica

Investimento: R$ 494 milhões
Empresa: CEEE Equatorial
Cidades: Diversas
Área: Infraestrutura
Estágio: Em execução até 2023
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO

Faça aqui a sua pesquisa

Utilize um dos campos abaixo: