Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Economia

- Publicada em 27 de Julho de 2022 às 00:35

BB bate recorde com desembolso de R$ 2,5 bilhões apenas no primeiro dia do programa

Banco atendeu a mais de 23,5 mil operações no primeiro dia de abertura

Banco atendeu a mais de 23,5 mil operações no primeiro dia de abertura


Marcelo Camargo/Agência Brasil/JC
O Banco do Brasil já desembolsou R$ 2,5 bilhões em 23.516 operações com clientes MPE em apenas um dia de operações da linha de crédito BB Capital de Giro Pronampe junto a clientes micro e pequenos empresários. Trata-se de um volume recorde diário. Em 2021, o dia com maior volume de liberações chegou a um desembolso de R$ 2,1 bilhões (maior volume de desembolsos até ontem).

O Banco do Brasil já desembolsou R$ 2,5 bilhões em 23.516 operações com clientes MPE em apenas um dia de operações da linha de crédito BB Capital de Giro Pronampe junto a clientes micro e pequenos empresários. Trata-se de um volume recorde diário. Em 2021, o dia com maior volume de liberações chegou a um desembolso de R$ 2,1 bilhões (maior volume de desembolsos até ontem).

O vice-presidente de Negócios de Varejo do BB, Carlos Motta, destaca que "nos anos de 2020 e 2021, no âmbito do Pronampe, foram liberados um total de R$ 15,2 bi atendendo a mais de 186 mil empresas. Além da contratação nas agências, ela também está disponível no autoatendimento do banco pela internet, com liberação simples e rápida, permitindo o crédito na conta da empresa em poucos minutos. A participação do Banco do Brasil no programa reforça nossa parceria com as Micro e Pequenas Empresas e auxilia no desenvolvimento e fortalecimento dos negócios no país."

Os clientes MPE do BB já estão sendo avisados sobre a reabertura da linha e sua negociação por meio dos canais digitais do BB e podem buscar informações na Central de Relacionamento BB, pelo número 4004-0001, no BOT do WhatsApp e na página do Pronampe no site do BB.

Dentre as novidades, estão o retorno da linha com alíquota zero no IOF e mudanças na confirmação do faturamento do cliente. Não haverá mais a carta de habilitação. Agora, as empresas só podem contratar o crédito em bancos que elas tenham autorizado a consulta online de seus dados na Receita, usando como a chave de acesso o CPF do representante legal autorizador. O acesso direto e online dos bancos aos dados de faturamento substitui a carta de habilitação, que deixa de ser emitida, e abre espaço para inovações na linha de crédito e na qualificação do público-alvo. O compartilhamento é feito de forma digital, acessando o e-CAC , disponível no site da Receita Federal , clicando em "Autorizar o compartilhamento de dados". O novo modelo de compartilhamento de dados é seguro e atende às regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Quem tem total controle sobre as informações compartilhadas é o titular dos dados.

 

Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO