Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Começo de Conversa

- Publicada em 29 de Setembro de 2022 às 21:40

Sua majestade, a urna


TÂNIA MEINERZ/JC
Fernando Albrecht
Está nesta imagem o instrumento que determinará os próximos anos do Brasil. Será nelas que os brasileiros escolherão presidente, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais. A imagem da urna eletrônica foi colhida no depósito do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Porto Alegre, pela reportagem do JC. Um detalhe que poucos eleitores conhecem, o equipamento menor, à direita da urna, é o controle dos mesários.
Está nesta imagem o instrumento que determinará os próximos anos do Brasil. Será nelas que os brasileiros escolherão presidente, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais. A imagem da urna eletrônica foi colhida no depósito do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Porto Alegre, pela reportagem do JC. Um detalhe que poucos eleitores conhecem, o equipamento menor, à direita da urna, é o controle dos mesários.
 

Eleições do passado

Em meados dos anos 1960, a contagem de votos era feita manualmente, e as cédulas não eram padronizadas. Até o final dos anos 1950 início dos 60, o santinho também servia como cédula. O problema é que o tamanho não era padronizado, e alguns vinham com fotos, outros não. Então, existiam até no formato pequeno, como os de hoje, mas também tinha alguns até maiores como uma página de livro.
Os candidatos e cabos eleitorais distribuíam o santinho/cédula, e era comum baterem na porta das casas para vender o peixe. Era trabalhoso, porque o estado era pouco povoado, as distâncias eram enormes e as estradas, poucas.
Nas colônias de imigrantes de origem alemã, o PRP (integralista, com quem Leonel Brizola fechou acordo em 1958, que durou até os anos 1970) fidelizava eleitores elegendo quase sempre os mesmos candidatos.
Como se pode imaginar, a contagem era uma balbúrdia, com cédulas de todos os tamanhos e cores. Dava um trabalhão para os mesários, mas entre mortos e feridos, todos se salvavam. Isso foi no tempo em que se amarrava cachorro com linguiça.

Casório ilustre

Dia 16 de outubro, será o dia de casamento de uma dupla a quem desejamos o melhor dos mundos. A secretária municipal Ana Pellini e o ex-prefeito de Porto Alegre Guilherme Socias Villela convolam núpcias, a tradicional troca de alianças.

Mega 300

A estimativa da Caixa para a Mega Sena que corre amanhã é de R$ 300 milhões, sendo o acumulado de sorteios anteriores mais a parcela acumulada para o final 5 (ou 0).

Montanha acima

As empresas aéreas não cogitam reduzir o preço das passagens mesmo com a queda do preço do querosene, principal custo dos jatos comerciais. Não é de duvidar que ainda aumentem os bilhetes. O Brasil é o único país em que a lei da gravidade funciona ao contrário.

Ecce homo

Eis o homem, em latim. O empresário Clovis Tramontina será o patrono da Feira do Livro de Garibaldi, que acontece de 4 a 8 de outubro, na Praça Loureiro da Silva no município da Serra. À frente da multinacional durante 30 anos, Tramontina lançou em 2021 a biografia Paixão, Força e Coragem, livro que reúne memórias de sua trajetória pessoal e profissional.

O futuro à Câmara pertence

Mantidas as atuais condições de temperatura e pressão, a futura composição da Câmara dos Deputados é tão e até mais importante do que a eleição presidencial. Sobre os dois candidatos que lideram as pesquisas de intenção de voto, reina o soberano STF. Mas há um parágrafo único. Seja qual for a renovação do Centrão, é praticamente certo que ele tenderá a apoiar o novo presidente eleito.

Lancheria em Capão

O Raupp's funcionou por 39 anos no Litoral Norte

O Raupp's funcionou por 39 anos no Litoral Norte


/Reprodução/JC
O jornalista Mauro Belo Schneider informa que a tradicional lancheria Raupp's encerrou suas atividades na avenida Paraguassu, em Capão da Canoa. Com quatro décadas de funcionamento, era uma das operações gastronômicas tradicionais no Litoral. Matéria no JC.
 

Mais médicos

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers) concedeu 1.251 títulos de CRM no primeiro semestre deste ano, um aumento de 45% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Também foram emitidos 1.205 registros de qualificação de especialização. O maior número foi de Clínica Médica (170 registros), seguido de Pediatria (136) e Ginecologia e Obstetrícia (99).

Parabéns pra você

Há 95 anos, inaugurou-se em Porto Alegre o Hospital Moinhos de Vento. A instituição é fruto do sonho de famílias de imigrantes alemães que queriam ter aqui uma casa de saúde nos moldes dos melhores hospitais europeus. Conseguiram.

Noite da Capital

Em mais uma reportagem sobre a história da noite de Porto Alegre, Marcello Campos lembra da precursora do karaokê no Estado. Trata-se da Boate Fascinação. Vale ler o texto no caderno Viver desta edição.
 

Tendência

Muitos eleitores cambiam de convicções à medida que chega o dia da eleição. Resta ver o que dirão as urnas nesde domingo.

Miúdas

SÃO vários votos que o eleitor deve teclar nas eleições gerais: deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente da República.
HAJA memória para decorar tanto número. Por melhor que esteja a sua, convém não confiar apenas nela.
SOLUÇÃO é levar a tradicional "colinha" para a seção eleitoral, com os números escritos em um papel, já na ordem de votação.
DOMINGO é dia de ir às urnas. A página deseja um bom voto a todos os leitores!
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO