Porto Alegre, sexta-feira, 14 de janeiro de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 14 de janeiro de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Pandemia

- Publicada em 13/01/2022 às 19h31min.

Surto de Covid-19 na Capital já contaminou cerca de 570 funcionários municipais

Deste sexta-feira (7), maioria dos servidores públicos municipais está trabalhando em home office, mas ainda assim há aumento de casos

Deste sexta-feira (7), maioria dos servidores públicos municipais está trabalhando em home office, mas ainda assim há aumento de casos


/ANDRESSA PUFAL/JC
Adriana Lampert
O número de servidores da Prefeitura de Porto Alegre que testaram positivo para Covid-19 desde o início do ano já é de 565 pessoas (dados atualizados no final da tarde desta quinta-feira, 13). Isso representa 4% do total de funcionários públicos municipais. Segundo o secretário de Administração e Patrimônio de Porto Alegre, André Barbosa, a maioria dos contaminados (80%) é de colaboradores que trabalham "na ponta", cujas atividades são incompatíveis com trabalho remoto. Neste grupo, boa parte é da área da Saúde (348 casos). 
O número de servidores da Prefeitura de Porto Alegre que testaram positivo para Covid-19 desde o início do ano já é de 565 pessoas (dados atualizados no final da tarde desta quinta-feira, 13). Isso representa 4% do total de funcionários públicos municipais. Segundo o secretário de Administração e Patrimônio de Porto Alegre, André Barbosa, a maioria dos contaminados (80%) é de colaboradores que trabalham "na ponta", cujas atividades são incompatíveis com trabalho remoto. Neste grupo, boa parte é da área da Saúde (348 casos). 
"São enfermeiros, auxiliares de enfermagem, médicos, auxiliares de gabinetes odontológicos, que trabalham se expondo e acabam contraindo o vírus. De todo o grupo de positivados, eles representam 61%", informa Barbosa. "Todos os servidores da Prefeitura estão com ciclo vacinal completo, não houve até agora nenhum caso de internação, justamente por conta. Os sintomas que se apresentaram foram leves", destaca o secretário de Administração e Patrimônio. 
Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Saúde, mesmo na pasta "os problemas são pontuais", uma vez que a área conta com mais de 4 mil funcionários. Barbosa concorda: "Por hora, nenhum dos serviços à população foi afetado", garante. "Eventualmente falta um médico em alguma unidade, mas todos postos estão abertos e funcionando, inclusive com testagem e vacinação para a Covid-19."
Ao avaliar o número de servidores infectados, o secretário da Administração afirma que este é "até um número baixo", uma vez que do total de testagem da população, a média de positivados está entre 30% a 35%. "Mas claro que redobramos os cuidados. Semana passada decidimos colocar em home office todos funcionários de secretarias que podem trabalhar no sistema remoto, para liberar o máximo possível de servidores." A debandada para casa ocorreu na sexta-feira (7), afirma Barbosa, mas algumas secretarias, como a da Fazenda e a Procuradoria Geral do Município já estavam com menos colaboradores presenciais há algum tempo, esclarece.
Segundo Barbosa, estão no trabalho presencial apenas os trabalhadores na rua (que cuidam dos sistemas de água esgoto, limpeza urbana, fiscalização de trânsito, e de equipamentos esportivos nas comunidades), além dos colaboradores de Saúde e Segurança, a exemplo da Guarda Municipal. "Não se pode deixar população desassistida, mas estão todos vacinados e trabalhando de máscaras, ainda que assim mesmo alguns acabem se contaminando", pondera. Outro dado curioso é que muitos servidores afastados para o trabalho remoto também se infectaram. "Neste caso não foi no ambiente (oficial) de trabalho", destaca o secretário.
Também funcionários de gabinetes, diretores e secretários seguem no serviço presencial. De acordo com Barbosa, nenhum titular de pasta positivou até o final da tarde desta quinta-feira. "O prefeito Sebastião Melo também fez teste na semana passada e deu negativo. Atualmente ele está de férias (por cinco dias) e retorna ao trabalho na semana que vem", informa o secretário de Administração.

ICBS da Ufrgs também terá testagem para coronavírus

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria da Saúde, a testagem dos funcionários da Prefeitura está ocorrendo nos mesmos locais da população em geral: em todas as 132 unidades de saúde. A partir desta sexta-feira (14), também haverá testagem no Instituto de Ciências Básicas da Saúde da Ufrgs (ICBS). De acordo com Barbosa, o prefeito também estuda colocar uma unidade móvel para fazer testagem em diversas regiões da cidade. Segundo o gestor, há testes em estoque. "Por hora, não está faltando. Mas pode faltar, por isso pedimos que somente sintomáticos busquem o teste."
Conforme os dados da Secretaria de Saúde de Porto Alegre, entre esta quinta e sexta-feira o Município deve receber mais 90 mil testes rápidos da Secretaria Estadual de Saúde. Os testes estão disponíveis para quem apresenta sintomas da Covid-19 (febre, calafrio, dor de garganta, tosse, dor de cabeça, coriza, diarreia, alteração no olfato, no paladar, fraqueza e dor muscular) e pacientes assintomáticos em contato com caso positivo de Covid-19 e sem esquema vacinal completo
Todas as unidades de Saúde se mantém abertas, com um atendimento mais lento, devido ao grande volume de pacientes respiratórios e menos funcionários em alguns locais.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO