Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Política

- Publicada em 11 de Janeiro de 2022 às 17:45

Governo inclui 3 milhões de famílias e diz ter zerado fila do Auxílio Brasil

Agora, o total de famílias atendidas em janeiro subiu para 17,5 milhões, e cada uma delas receberá ao menos R$ 400 por mês, segundo o governo federal

Agora, o total de famílias atendidas em janeiro subiu para 17,5 milhões, e cada uma delas receberá ao menos R$ 400 por mês, segundo o governo federal


Marcello Casal Jr/Agência Brasil/JC
O Ministério da Cidadania informou hoje que mais 3 milhões de famílias foram incluídas no Auxílio Brasil, programa de transferência de renda que substituiu o Bolsa Família.
O Ministério da Cidadania informou hoje que mais 3 milhões de famílias foram incluídas no Auxílio Brasil, programa de transferência de renda que substituiu o Bolsa Família.
Agora, o total de famílias atendidas em janeiro subiu para 17,5 milhões, e cada uma delas receberá ao menos R$ 400 por mês, segundo o governo federal. A pasta ainda diz ter "zerado a fila" de elegíveis em 2021 do programa com essa inclusão de novas famílias. O investimento total é de R$ 7,1 bilhões em janeiro.
"As 3 milhões de novas famílias incluídas já começaram a receber notificações desde a última semana. Ao entrar no programa, elas recebem, via Correios, no endereço informado durante o cadastramento, duas cartas da Caixa: a primeira é um informativo com orientações gerais, enquanto a segunda traz o Cartão Auxílio Brasil", explicou o Ministério da Cidadania, em nota.
O Cartão Auxílio Brasil é gerado automaticamente em nome do responsável da família. É com ele que será possível sacar - total ou parcialmente - o valor do benefício. Além disso, pelo aplicativo Caixa Tem, o beneficiário pode pagar contas, fazer transferências e conferir o saldo, por exemplo.
Vale lembrar que as parcelas mensais do Auxílio Brasil ficam disponíveis para saque por 120 dias após a data de depósito. O valor do benefício pode ser consultado no extrato de pagamento, em "Mensagem Auxílio Brasil".
Pagamentos em janeiro
O calendário de pagamentos de 2022 começa em uma semana, a partir de 18 de janeiro. Para saber o dia exato em que o Auxílio Brasil ficará disponível para saque ou crédito em conta bancária, basta checar o último dígito do NIS (Número de Identificação Social) impresso no cartão de cada titular.
Cada final do NIS tem uma data correspondente. (Veja calendário completo abaixo)
Os beneficiários com NIS de final 1 recebem a primeira parcela de 2022 já no próximo dia 18, seguidos por aqueles com NIS de final 2 (19 de janeiro), final 3 (20 de janeiro) e assim sucessivamente.
Confira o cronograma de pagamentos em janeiro:
NIS final 1: 18 de janeiro
NIS final 2: 19 de janeiro
NIS final 3: 20 de janeiro
NIS final 4: 21 de janeiro
NIS final 5: 24 de janeiro
NIS final 6: 25 de janeiro
NIS final 7: 26 de janeiro
NIS final 8: 27 de janeiro
NIS final 9: 28 de janeiro
NIS final 0: 31 de janeiro
Folhapress
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO