Porto Alegre, terça-feira, 23 de novembro de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 23 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2022

- Publicada em 23/11/2021 às 22h34min.

Leite pede retomada da votação do PSDB e critica Doria e Arthur Virgílio

Leite pediu que a votação seja retomada "o quanto antes", e afirmou que vai acompanhar o novo sistema de votação

Leite pediu que a votação seja retomada "o quanto antes", e afirmou que vai acompanhar o novo sistema de votação


ANDRESSA PUFAL/JC
O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, pré-candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) ao pleito de 2022, convocou coletiva de imprensa na noite desta terça-feira (23) para falar sobre a confusão nas eleições primárias do partido, interrompidas no domingo após uma falha no aplicativo usado pelos eleitores para registrar o voto. Leite pediu que a votação seja retomada “o quanto antes”, e afirmou que vai acompanhar o novo sistema de votação a ser utilizado para garantir a segurança do processo. O governador afirma que há questões que ainda precisam ser respondidas sobre a causa do problema no aplicativo, mas que entende que o mais importante é encerrar a votação.
O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, pré-candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) ao pleito de 2022, convocou coletiva de imprensa na noite desta terça-feira (23) para falar sobre a confusão nas eleições primárias do partido, interrompidas no domingo após uma falha no aplicativo usado pelos eleitores para registrar o voto. Leite pediu que a votação seja retomada “o quanto antes”, e afirmou que vai acompanhar o novo sistema de votação a ser utilizado para garantir a segurança do processo. O governador afirma que há questões que ainda precisam ser respondidas sobre a causa do problema no aplicativo, mas que entende que o mais importante é encerrar a votação.
A fala ocorreu horas depois de uma fala conjunta de seus adversários, o governador de São Paulo João Doria e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio – ou, como chamados ironicamente por Leite durante a coletiva, “João Virgílio e Arthur Doria, candidatos que estão sempre juntos”, por conta da concordância de ambos em muitos pontos, especialmente em relação à realização das prévias no próximo domingo. Os três candidatos concordam com a posição do PSDB em encerrar o processo
Leite respondeu às críticas do oponente manauara, elogiando sua trajetória mas afirmando que ele usa seu espaço para falar o que Doria gostaria e não faz. “Espero que ele recobre a consciência e volte a falar por si mesmo e não pelos outros”, disse o governador gaúcho.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO