Porto Alegre, terça-feira, 13 de julho de 2021.
Dia do Engenheiro de Saneamento e Dia Mundial do Rock.
Porto Alegre,
terça-feira, 13 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Prefeitura de Porto Alegre

- Publicada em 14h49min, 13/07/2021.

"Crie regras urbanísticas decentes e deixa que o mercado resolve", diz Melo a empresários

Prefeito afirma que redução no ISS já atrai empresas para Porto Alegre

Prefeito afirma que redução no ISS já atrai empresas para Porto Alegre


LUIZA PRADO/JC
Diego Nuñez
O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), reafirmou a sua gestão como “um governo que aposta da liberdade econômica”, como ele mesmo declarou em uma palestra a empresários organizada pelo Grupo de Líderes Empresariais do Rio Grande do Sul (Lide-RS), no Hotel Sheraton.
O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), reafirmou a sua gestão como “um governo que aposta da liberdade econômica”, como ele mesmo declarou em uma palestra a empresários organizada pelo Grupo de Líderes Empresariais do Rio Grande do Sul (Lide-RS), no Hotel Sheraton.
“Os desafios para o desenvolvimento econômico e social de Porto Alegre” era a pauta do encontro, e nele, o prefeito indicou que o Paço Municipal vai apostar cada vez mais na abertura econômica para o setor privado como forma de desenvolvimento da cidade,
“Crie regras urbanísticas decente e deixa que o mercado resolve”, declarou Melo sob aplausos do empresariado da Capital gaúcha. Para ele, o caminho para o setor privado estimular o desenvolvimento da cidade é que a prefeitura garanta um ambiente favorável a investimentos, com “segurança jurídica, redução de impostos, rapidez no licenciamento e um Plano Diretor sem preconceitos”.
Melo acredita que a “prefeitura precisa de liberdade econômica para fazer proteção social”. A afirmação agrada o presidente do Lide, Eduardo Fernandez: “O setor privado tem capacidade de desenvolver e o setor público tem que entender aquilo que ele tem que fazer para gerar impacto econômico, que gera impacto social, emprego e desenvolvimento de renda”, afirmou.
Para Fernandez, a prefeitura precisa seguir na linha de criar um “ambiente mais amigável para o empreendedor. O que podemos fazer é apoiar essas iniciativas”.
Durante o evento, Melo também celebrou a aprovação do projeto que reduz o Imposto Sobre Serviços (ISS) de 5 para 2% para empresas consideradas inovadoras: “essa revisão já está atraindo empresas para o 4º Distrito, e estamos avançando para reduzir o ISS do setor de eventos, que foi o primeiro a ser atingido pela pandemia e será o último a se levantar”.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário