Porto Alegre, segunda-feira, 01 de março de 2021.
Dia do Turismo Ecológico.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 01 de março de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Prefeitura de Porto Alegre

- Publicada em 03h00min, 01/03/2021.

Secretário de Enfrentamento à Covid do município deixa o cargo

Renato Ramalho vai deixar o primeiro escalão da gestão Melo

Renato Ramalho vai deixar o primeiro escalão da gestão Melo


/MARIANA ALVES/JC

O secretário extraordinário de Enfrentamento ao Coronavírus de Porto Alegre, Renato Ramalho, vai deixar o cargo. O anúncio foi feito pelo vice-prefeito Ricardo Gomes (DEM), durante a videoconferência do Conselho Multissetorial para o Enfrentamento à Covid-19 (Comue-Covid) na sexta-feira. O atual secretário e procurador municipal, Renato Ramalho, foi nomeado para o cargo de procurador do Estado de Pernambuco, sua terra natal.

O secretário extraordinário de Enfrentamento ao Coronavírus de Porto Alegre, Renato Ramalho, vai deixar o cargo. O anúncio foi feito pelo vice-prefeito Ricardo Gomes (DEM), durante a videoconferência do Conselho Multissetorial para o Enfrentamento à Covid-19 (Comue-Covid) na sexta-feira. O atual secretário e procurador municipal, Renato Ramalho, foi nomeado para o cargo de procurador do Estado de Pernambuco, sua terra natal.

Segundo Gomes, "Ramalho teve uma grande capacidade de construir soluções de combate à pandemia em ampla interlocução com as entidades da sociedade civil". É a primeira baixa no secretariado do governo de Sebastião Melo (MDB).

Ramalho será substituído pelo também procurador municipal Cesar Sulzbach, que já vinha atuando no assessoramento jurídico de assuntos da secretaria. O futuro titular da pasta afirmou que dará continuidade à disposição do governo municipal de manter uma agenda de diálogo com todos os setores da sociedade. Sulzbach destacou o trabalho de fiscalização para o cumprimento dos protocolos sanitários.

Comentários CORRIGIR TEXTO