Porto Alegre, segunda-feira, 28 de dezembro de 2020.
Dia do Petroquímico. Dia do Salva-Vidas.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 28 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Palácio Piratini

- Publicada em 21h15min, 27/12/2020.

Governador Eduardo Leite lamenta falecimento de chefe de gabinete, Paulo Morales

O chefe de Gabinete do governador Eduardo Leite, Paulo Morales, faleceu em decorrência de um câncer de esôfago.

O chefe de Gabinete do governador Eduardo Leite, Paulo Morales, faleceu em decorrência de um câncer de esôfago.


GABRIELA DI BELLA/ARQUIVO/JC
O governo do Estado divulgou ontem uma nota de pesar pelo falecimento, aos 61 anos, do chefe do Gabinete do Governador, Paulo Morales (PSDB). Nas últimas semanas, Morales esteve afastado do cargo para tratamento de um câncer de esôfago. O falecimento ocorreu em decorrência de complicações causadas pela doença. O governador Eduardo Leite (PSDB) decretou luto oficial no Estado por um dia, em memória de Morales.
O governo do Estado divulgou ontem uma nota de pesar pelo falecimento, aos 61 anos, do chefe do Gabinete do Governador, Paulo Morales (PSDB). Nas últimas semanas, Morales esteve afastado do cargo para tratamento de um câncer de esôfago. O falecimento ocorreu em decorrência de complicações causadas pela doença. O governador Eduardo Leite (PSDB) decretou luto oficial no Estado por um dia, em memória de Morales.
Engenheiro civil pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Morales atuou na iniciativa privada no segmento da construção civil e ocupou diversos cargos públicos ao longo de sua trajetória. Foi Superintendente Administrativo do Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep), administrador do Porto de Pelotas, secretário de Qualidade Ambiental e de Obras e Serviços Urbanos e secretário de Planejamento e Gestão do município antes de assumir a chefia do gabinete do governador Eduardo Leite.
"Não tenho palavras para descrever a dor que sinto neste momento. O Mosquito (como era conhecido Morales) era, além de um amigo, um incentivador, apoiador e parceiro de valor inestimável. Fica a mais profunda gratidão: muito, muito obrigado, Mosquito", afirmou o governador.
O governador em exercício, Ranolfo Vieira Júnior (PTB), também lamentou a perda de Morales e ressaltou que, além de uma figura humana muito querida no governo, o chefe de gabinete do governador desempenhava um importante papel técnico.
"Paulo Morales sempre foi uma ponte que facilitou muito a relação do gabinete do governador com os secretários e o restante do governo. Era uma pessoa de posições fortes e que prezava por realizar um trabalho técnico de alta qualidade no assessoramento ao governador. A sua perda é irreparável e nos causa profunda consternação", afirmou.
Paulo Morales era natural de Pelotas e deixa mulher e quatro filhos.
Comentários CORRIGIR TEXTO