Porto Alegre, domingo, 20 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 20 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 12h30min, 20/12/2020.

Eleitores de Macapá vão às urnas neste domingo para eleger prefeito

Os eleitores de Macapá (AP) estão de volta às urnas neste domingo para escolher o seu próximo prefeito. O segundo turno da disputa é entre Josiel Alcolumbre (DEM) e Dr. Furlan (Cidadania), os dois candidatos mais votados dos dez postulantes ao cargo.
Os eleitores de Macapá (AP) estão de volta às urnas neste domingo para escolher o seu próximo prefeito. O segundo turno da disputa é entre Josiel Alcolumbre (DEM) e Dr. Furlan (Cidadania), os dois candidatos mais votados dos dez postulantes ao cargo.
Em 12 de novembro, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) referendou a decisão do presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, de adiar as eleições municipais em Macapá. O pedido de adiamento foi feito pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) por causa da instabilidade no fornecimento de energia na região.
No primeiro turno, Josiel obteve 59.511 (29,47%) votos válidos contra 32.369 (16,03%) de seu opositor, Dr. Furlan. Foi registrado o comparecimento de 217.161 (74,19%) eleitores e 75.557 abstenções, número que corresponde a 25,81% do eleitorado. Os votos em branco somaram 2,64% (5.740), e os nulos chegaram 4,38% (9.512).
Empresário e jornalista, José Samuel Alcolumbre, de 47 anos, mais conhecido como Josiel, nasceu em Belém (PA) e é filiado ao Democratas (DEM) desde 2010. Sua vice na chapa é Silvana Vedovelli (Avante). Eles concorrem pela coligação Macapá em Primeiro Lugar (PDT/PSC/PL/PV/PSDB/PSD/Solidariedade/PROS/Avante/Republicanos/PP/DEM). Já Antônio Paulo de Oliveira Furlan, conhecido como Dr. Furlan (Cidadania), tem 47 anos e é natural de Belém (PA). Sua vice na chapa é Mônica Penha (MDB). Eles são candidatos pela coligação De Coração por Macapá (Cidadania/MDB/PMN).
 
Comentários CORRIGIR TEXTO