Porto Alegre, terça-feira, 15 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 15 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Câmara de Porto Alegre

- Publicada em 21h15min, 14/12/2020.

Vereadores de Porto Alegre aprovam mudança na carteira escolar e concessão de subsídio tarifário

Carteira de transporte escolar não precisará mais da intermediação das entidades estudantis

Carteira de transporte escolar não precisará mais da intermediação das entidades estudantis


JONATHAN HECKLER/JC
Rariane Costa
A Câmara de Porto Alegre aprovou em sessão durante a tarde desta segunda-feira (14) dois projetos diante do transporte público do município. Um deles é o Projeto de Lei nº 003/20 que autoriza a concessão de subsídio tarifário ao transporte público coletivo de passageiros na Capital.
A Câmara de Porto Alegre aprovou em sessão durante a tarde desta segunda-feira (14) dois projetos diante do transporte público do município. Um deles é o Projeto de Lei nº 003/20 que autoriza a concessão de subsídio tarifário ao transporte público coletivo de passageiros na Capital.
A proposta, aprovada com 21 votos favoráveis, 10 contrários e três abstenções, tem como objetivo, segundo a prefeitura, assegurar a modicidade das tarifas, a generalidade do transporte público coletivo e a preservação do equilíbrio econômico-financeiro nos contratos de concessão ou permissão.
Com a aprovação do Legislativo, o subsídio se dará mediante compensação financeira dos impactos decorrentes do custo real da tarifa. O déficit originado deverá ser coberto por receitas extra tarifárias, receitas alternativas, subsídios orçamentários, subsídios cruzados intrasetoriais e intersetoriais provenientes de outras categorias de beneficiários dos serviços de transporte, dentre outras fontes, instituídos pelo poder público delegante, inclusive taxas e tarifas, criadas como outras fontes de custeio.
Conforme o Executivo, na justificativa do projeto, o subsídio previsto se dará em aporte financeiro para custeio do serviço de transporte coletivo, com a finalidade de diminuir ou isentar o valor da tarifa cobrada dos usuários e incentivar a utilização do transporte público.
Ainda durante a tarde, os parlamentares aprovaram o Projeto de Lei nº 018/20 que altera as regras para confecção da carteira de passagem escolar. A principal mudança é a possibilidade de os estudantes poderem solicitar o documento diretamente ao órgão de atendimento gerenciado pela prefeitura, sem a intermediação das entidades estudantis.
Comentários CORRIGIR TEXTO