Porto Alegre, domingo, 15 de novembro de 2020.
Dia da Proclamação da República.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 15 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 17h21min, 15/11/2020.

TSE: 2,7 mil urnas já foram substituídas e prisões de candidatos chegam a 45

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o quarto boletim do dia no qual relata que 2.717 urnas já foram substituídas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o quarto boletim do dia no qual relata que 2.717 urnas já foram substituídas


LUIZA PRADO/JC
A meia hora para o fim do horário de comparecimento dos eleitores às urnas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o quarto boletim do dia no qual relata que 2.717 urnas já foram substituídas, o equivalente a 0,6% do total. Até o momento, não há registro da necessidade de votos manuais. O boletim foi publicado às 16h33min, com dados atualizados até 15h56min. Os eleitores tinham até as 17h para comparecer nas seções de votação.
A meia hora para o fim do horário de comparecimento dos eleitores às urnas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o quarto boletim do dia no qual relata que 2.717 urnas já foram substituídas, o equivalente a 0,6% do total. Até o momento, não há registro da necessidade de votos manuais. O boletim foi publicado às 16h33min, com dados atualizados até 15h56min. Os eleitores tinham até as 17h para comparecer nas seções de votação.
Segundo os números, São Paulo segue como o Estado com o maior número de urnas substituídas, com 501 até a atualização das informações. Em seguida, estão Rio de Janeiro, que teve 460 urnas trocadas, e Minas Gerais, com 387. A substituição de urnas está prevista nos procedimentos do Tribunal para assegurar a continuidade das votações. No total, o País conta com 51.997 urnas de contingência para essas situações. As urnas de votação somam 400.257.
Ainda segundo o boletim, foram registradas 45 ocorrências com prisão de candidatos, a maioria por práticas de boca de urna (27) ou propaganda (9), e outras 27 sem prisão. Já em relação a não candidatos, foram registradas 95 ocorrências com prisão e 413 casos sem prisão.
O TSE informou que 147.918.483 eleitores estão aptos a registrar votos neste primeiro turno das eleições nos municípios brasileiros. O pleito ocorre em todo o País, exceto no Distrito Federal, no arquipélago de Fernando de Noronha e na capital do Amapá, Macapá, devido ao apagão na região.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO